Pedro Boesel fecha temporada na 9ª colocação após corrida de recuperação em Interlagos

Piloto da Crown Racing Jr conquistou dois pódios em temporada de alta competitividade na categoria de acesso à Stock Car e ficou apenas sete pontos do top-5 na classificação final do campeonato

Assim como a principal categoria do automobilismo brasileiro, a Stock Light também encerrou a temporada de 2019 neste domingo (15), no Autódromo de Interlagos, com muito equilíbrio. Um dos pilotos que se destacaram no ano e também nessa corrida final foi Pedro Boesel, que foi o nono colocado depois de largado em 15º. O competidor da Crown Racing Jr, que subiu no pódio em Goiânia e Interlagos neste ano, avaliou seu desempenho na temporada.

“Esse ano com certeza foi o mais duro e mais competitivo da categoria, com quatro ex-campeões. Foi um ano difícil, com muitos talentos novos subindo, o que é legal para o automobilismo brasileiro. Nós ficamos na briga entre os primeiros o tempo todo, então foi um ano positivo que conseguimos encerrar dentro do top-10”, diz Boesel, que é patrocinado por Estácio, Electrolux, Patense e Salesforce.

Boesel fez uma corrida de recuperação em Interlagos depois de enfrentar problemas nos treinos. O piloto terminou o campeonato na nona colocação geral, mesma posição desta última corrida. Boesel passou boa parte do campeonato entre os líderes e fechou o ano apenas sete pontos do top-5 na tabela.

“Acredito que merecíamos ficar entre os cinco primeiros do campeonato pela regularidade ao longo do ano. Mas a categoria é muito equilibrada, tanto é que vários pilotos foram ao pódio e nós conseguimos isso em Interlagos e em Goiânia no meio do ano. Em uma ou outra etapa não conseguimos encaixar as coisas, mas o balanço foi positivo: andamos na frente com frequência e a corrida de hoje foi uma em que eu sabia que tinha de ser agressivo no início e eu fui, consegui algumas boas ultrapassagens. Quero agradecer a todos da equipe e vamos em frente que ano que vem tem mais”, completa Boesel.

A temporada 2020 da Stock Light começará nos dias 28 e 29 de março.

Classificação final do campeonato (top-10):

1 – Guilherme Salas – 295 pontos
2 – Gabriel Robe – 247
3 – Gustavo Frigotto – 241
4 – Matheus Iorio – 229
5 – Marcio Campos – 198
6 – Marco Cozzi – 197
7 – Raphael Abbate – 194
8 – Lukas Moraes – 193
9 – Pedro Boesel – 191
10 – Gustavo Myasava – 174