Serra mantém o foco e evita relaxar antes da hora

Atual campeão, Daniel Serra larga da terceira colocação e vê rival pelo título, Felipe Fraga saindo apenas da 18ª posição.

A matemática para o título da Stock Car já estava a favor de Daniel Serra, antes mesmo do final de semana da decisão começar, no Autódromo de Interlagos. Porém, após a definição do grid de largada, as coisas ficaram ainda mais “tranquilas” para Serra. O piloto da Eurofarma RC irá largar na terceira colocação, enquanto Felipe Fraga, seu rival pelo título, sai só em 18º.

Essa diferença toda só aconteceu por conta da chuva que caiu no circuito, pouco antes do treino começar. Serra e Fraga treinaram no mesmo grupo, porém o piloto do carro 29 conseguiu um heróico 12º no Q1, enquanto Fraga não conseguiu fazer uma boa volta e ficou pelo caminho. Mesmo com essa vantagem ainda maior, Serra evita comemorar antes do tempo e mantém o foco na corrida.

“Eu prefiro prestar atenção no meu, no que a gente tem que fazer, no nosso carro, nossa estratégia, é o jeito mais saudável que vai fazer a gente ter a melhor performance, vai ser uma disputa legal”, disse.

Serra falou do drama que viveu no Q1, para conseguir se classificar, sabendo que a pista já estava secando. “Eu fiz o melhor que podia durante as minhas voltas, tanto que mesmo com a pista melhor, eu não conseguia evoluir, por conta dos pneus, que já estavam muito quentes. O mesmo aconteceu no Q2, que só consegui fazer uma volta boa. Mas, no fim deu tudo certo, foi um bom treino. Vamos para a corrida agora”, finalizou.

Para Serra ser campeão, basta chegar até na quarta colocação, sem depender do resultado de Felipe Fraga. A F1Mania acompanha a decisão da Stock Car, in loco, direto do Autódromo de Interlagos.