Ricardo Maurício vai para o pódio e é o maior pontuador do fim de semana em Campo Grande

O piloto da equipe Eurofarma, Ricardo Maurício, foi o maior pontuador da sexta etapa da Stock Car, que aconteceu neste domingo, 11 de agosto, em Campo Grande. Ele acumulou 35 pontos e ainda reduziu a vantagem para o líder Daniel Serra, seu companheiro de equipe. Vice-líder, ele agora acumula 175 pontos na classificação final, contra 190 de Serra. Max Wilson vem na sétima posição com 122. O próximo desafio será a tradicional Corrida do Milhão, em Interlagos, no dia 25 de agosto.

O fim de semana em Campo Grande

Uma largada em alta temperatura em Campo Grande, palco da sexta etapa da Stock Car. O cenário árido coroou o final de semana do Dia dos Pais e na pista, Daniel Serra foi acompanhado pelo filho Lucas, e Max Wilson pelo pequeno Max.

Com uma largada limpa, Max Wilson, Ricardo Mauricio e Daniel Serra estavam alinhados nas primeiras filas e por boa parte da prova disputaram posições entre si. ” Corrida é assim, somos companheiros de equipe, temos respeito um pelo outro, mas, na pista, todos buscamos os mesmos pontos”, diz Max Wilson, que saiu para a prova na sexta posição do campeonato.

Na ponta, Júlio Campos pressionou Thiago Camilo até os minutos finais. Enquanto isso, na equipe Eurofarma, os pilotos passaram a administrar combustível e pneus pensando na segunda corrida. “Às vezes, a soma dos resultados é mais importante que o pódio”, explica Ricardo Mauricio.

A pista suja do autódromo de Campo exigiu cautela nas ultrapassagens, já que os treinos foram marcados por escapadas e muita poeira, principalmente na Curva do Sol.

Ao final dos quarenta minutos, Thiago Camilo foi o vencedor. Ricardo Mauricio ficou em sexto, Max Wilson em sétimo e Daniel Serra em oitavo. A posição de chegada e o grid invertido, colocaram os pilotos da Eurofarma em boas posições para a segunda largada. Daniel Serra largou em terceiro, Max Wilson em quarto e Ricardo Maurício em quinto lugar.

Na a primeira prova foi de pega do início ao fim, a segunda foi marcada por inúmeros incidentes. Cesar Ramos bateu forte em Júlio Campos, Bia Figueiredo se chocou contra a barreira de pneus, Bruno Baptista foi penalizado por queima de largada, fatos que resultaram em dois Safety Car.

Ricardo Maurício terminou a prova em segundo lugar e foi o maior pontuador do fim de semana, somando 35 pontos e reduzindo para 15 a vantagem em relação ao líder, seu companheiro de equipe, Daniel Serra. “Tudo é estratégia, eu e Daniel optamos por táticas diferentes e acabamos não brigando nos botões de ultrapassagem, porque ele abasteceu mais. Na inversão do grid eu estava mais rápido, o carro estava muito equilibrado, mas, acabamos perdendo vantagem com a entrada do Safety Car, mas, foi excelente, mais um pódio e ainda reduzimos a diferença para o líder”, explica Ricardo Maurício. “Passamos por essa, embora o início desse fim de semana tenha sido difícil na questão do acerto, então, para o campeonato foi bom, agora é trabalhar para a próxima etapa”, finaliza o chefe de equipe Rosinei Campos.

O próximo desafio vale um milhão de reais, e acontece no tradicional autódromo de Interlagos no dia 25 de agosto.