Largando na pole, detrito na pista tira vitória de Thiago Camilo no Velopark

Thiago Camilo foi o pole position da corrida de número 500 da Stock Car, que abriu a temporada 2019 da principal categoria do automobilismo brasileiro hoje no Velopark. Com a pista úmida e os carros calçando pneus lisos (slick), a largada foi dada atrás do safety car. Isso permitiu ao piloto do Chevrolet número 21 da Ipiranga Mattheis manter a ponta com uma certa tranquilidade, seguido de perto por Daniel Serra, que completava a primeira fila. Quando Serrinha acionou o botão de ultrapassagem, na 5ª volta, a diferença chegou a ser de apenas 0,320s, mas daí em diante Camilo só foi abrindo vantagem: 1,599s na 7ª volta, 2,209s na 9ª, passando dos três segundos na 18ª volta. Parecia uma corrida ganha, mas a sorte começou a mudar quando três coisas aconteceram quase simultaneamente: o safety car entrou na pista retardando a abertura da janela de pit stops, Thiago Camilo passou em cima de um detrito na curva 2, o que fez o pneu traseiro esquerdo perder pressão rapidamente, e a chuva começou a cair, ainda que timidamente.

Com a pista molhada na saída do safety car e abertura da janela de pit stops, Serrinha começou a diminuir rapidamente a diferença que já se aproximara de quatro segundos. Camilo foi induzido a pensar que estava escorregando muito e perdendo desempenho por causa da pista molhada, e não do pneu murcho, e seria melhor botar pneus de chuva. Foi o que fez no seu pit. No pelotão da frente, Serrinha e Rubens Barrichello demoraram mais para entra no pit e botaram pneus slick. A pista secou e o que se viu depois foram duas corridas: uma de quem estava com pneus de chuva – a maioria – a outra de quem estava com pneus lisos, virando cerca de cinco segundos por volta mais rápido. No fim, os três pilotos de subiram ao pódio – Daniel Serra em primeiro, Rubinho em segundo e Ricardo Mauricio em terceiro – botaram uma volta de vantagem no resto do pelotão, liderado por Thiago Camilo, que cruzou a linha de chegada em quarto.

“Meu carro era o mais rápido com pneus slick e o mais rápido com pneus de chuva. Uma série de circunstâncias quase simultâneas fez gente adotar uma estratégia errada ao botar pneus de chuva, mas saímos daqui com a certeza de que vamos voltar a brigar pela vitória no Velo Città (a próxima etapa, dia 5 de maio, em Mogi Guaçu)”, disse Camilo, mostrando que o clima de confiança da equipe Ipiranga Mattheis para a temporada 2019 segue inabalado.

Bia começa o ano pontuando

Os dois pontos conquistados com o 19º lugar na Corrida 500 da Stock Car estão longe de deixar Bia Figueiredo satisfeita, mas mostram um pouco do que pode ser a temporada 2019 para a única piloto da principal categoria do automobilismo brasileiro.  Mesmo classificando sem o acerto ideal para as condições de pista, o que a levou a largar em 24º lugar, e rodando no início da corrida. Bia conseguiu sair do fim do pelotão com pneus slick e ganhar várias posições depois do pit stop. “Começar o ano pontuando é sempre positivo, mas sabemos que temos equipamento para brigar bem mais em cima, e vamos fazer isso a partir da próxima etapa”, disse a piloto do Chevrolet número 3 da Ipiranga Mattheis.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE SANYA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 6ª etapa

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

Confira o GRID COMPLETO da temporada 2019 da COPA TRUCK:

 

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

 

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: