Chuva prejudica Fraga e título fica mais longe

Piloto de Tocantins não conseguiu encaixar uma boa volta quando a pista ainda estava molhada e não passou do Q1 na classificação.

A situação de Felipe Fraga não era uma das mais fáceis, quando chegou no Autódromo de Interlagos para a decisão do título da Stock Car. O piloto de Tocantins viu essa matemática ficar ainda mais difícil, após a classificação que definiu o grid de largada, neste sábado.

O campeão da temporada de 2016 teve suas voltas prejudicadas ainda no Q1 por conta da pista ainda bem molhada, não conseguindo encaixar uma boa volta, ficando apenas na 18ª colocação e viu o campeão de 2017 e seu atual rival pelo título, Daniel Serra conseguindo a terceira colocação no grid.

Abatido e frustrado, Fraga diz que não vai desistir e vai lutar até a bandeirada final. “Eu fiz o meu melhor na pista. Não podemos abaixar a cabeça e temos que trabalhar. A final é só amanhã, vou lutar até a bandeirada. Tivemos dificuldades com o carro no traçado úmido, mas a diferença para o Daniel foi de dois décimos, é pouca coisa. Estou um pouco triste, claro, mas o resultado que é mais importante é o de amanhã”, comentou.

“Todas as oportunidades que eu tive até aqui eu agarrei e cheguei aqui em segundo no campeonato. É uma corrida rápida, de 40 minutos, e será preciso acelerar do começo ao fim. Será difícil conquistar o título, mas com certeza eu vou batalhar para isso”, completou.

A F1Mania acompanha a decisão da Stock Car in loco, diretamente do Autódromo de Interlagos, trazendo todas as informações.