Cacá Bueno conquista dois top-10 com a Cimed Racing em Santa Cruz do Sul

Pentacampeão da Stock Car foi sétimo na primeira prova e chegou em oitavo lugar na corrida 2; acidentes tiraram chances de bons resultados de Felipe Fraga e Marcel Coletta no Sul

Em uma etapa recheada de acidentes e com corridas bastante agitadas, Cacá Bueno conseguiu superar um treino classificatório complicado e sair de Santa Cruz do Sul com dois top-10 na quinta etapa da Stock Car. Na primeira prova, Cacá conquistou um sétimo lugar e na segunda  o piloto da Cimed Racing chegou na oitava posição na pista gaúcha. Com os resultados, Cacá subiu para o top-10 do campeonato com 79 pontos.

“Se me falassem que eu conseguiria esses dois resultados depois de largar em 16º eu realmente aceitaria, mas vendo como a corrida se desenhou nós poderíamos ter conquistado um resultado ainda melhor. A notícia muito boa é que o carro foi excelente em ritmo de corrida, falta melhorarmos um pouco no classificatório para podermos largar mais à frente”, avaliou Cacá, que é pentacampeão da Stock Car.

Mais jovem campeão da história da Stock Car, Felipe Fraga largou da quinta colocação e tinha tudo para fazer duas boas corridas no Sul. Ainda na primeira volta da primeira corrida, o piloto tocantinense pegou óleo na pista deixado pelo motor estourado do piloto que vinha na segunda colocação e acabou escapando da pista e acertando a barreira de pneus, impossibilitando também de participar da segunda prova.

“Foi um dia muito difícil para mim. Nós fizemos uma boa classificação ontem e eu estava muito empolgado para disputar o pódio e até a vitória, mas infelizmente o incidente nos tirou das duas corridas. Agora é levantar a cabeça e pensar na etapa de Campo Grande, onde também devemos andar entre os primeiros”, disse Fraga, que venceu em Santa Cruz do Sul em 2016.

Quem também foi prejudicado por uma confusão na primeira volta foi Marcel Coletta, mas na corrida 2. O piloto da Cimed Racing havia conquistado pontos na primeira prova com um 18º lugar, mas foi atingido no começo da segunda prova.

“Nós fizemos toda a estratégia voltada para a corrida 2. A probabilidade de um top-10 ou top-5 na segunda prova era grande, mas infelizmente o acidente na largada nos tirou esses pontos importantes. Foi uma pena porque fui acertado por um carro que veio já descontrolado porque também sofreu uma batida. Em todo caso, nós evoluímos bem nos treinos livres, faltou um pouco na tomada, mas agora é buscar uma recuperação na próxima etapa”, diz Marcel, que é o mais jovem piloto a disputar uma prova na Stock com 17 anos.

A próxima etapa da Stock Car será em Campo Grande nos dias 10 e 11 de agosto.
 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX de NOVA YORK corrida 2 | Melhores momentos | Fórmula E 2018/19 – 13ª etapa:

 

ePRIX de NOVA YORK corrida 1 | Melhores momentos | Fórmula E 2018/19 – 12ª etapa:

 

LUCAS DI GRASSI comenta 3º lugar na temporada 2018/19 da FÓRMULA E:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: