Quinto pódio consecutivo para o C3 WRC com Ogier-Ingrassia na Argentina

Sébastien Ogier e Julien Ingrassia tiveram outro desempenho histórico que rendeu seu quarto pódio da temporada e o quinto da Citroën Total World Rally Team em 2019, depois de um final emocionante na última etapa da prova!

Depois de uma penalidade de dez segundos aos rivais diretos pelo último lugar do pódio por não seguirem a rota de corrida em um dos estágios de sábado, Sébastien Ogier e Julien Ingrassia entraram na última etapa do Rally da Argentina na terceira posição. Eles mantiveram uma vantagem magra de 6.0s enquanto se prepararam para enfrentar os desafiadores estágios de El Condor e Giulio Cesare. Exibindo sua famosa atitude de nunca desistir, os seis vezes campeões mundiais colocaram uma luta determinada no C3 WRC, sem esquecer a importância de garantir grandes pontos para o campeonato. Os seus esforços foram recompensados ​​no final: a vitória no Power Stage, a terceira vitória do fim de semana no palco, fez com que ficassem em terceiro por apenas 1,4s!

A terceira posição de Sébastien e Julien, combinada com os cinco pontos de bônus ganhos no Power Stage, significa que eles consolidaram seu lugar no segundo lugar no campeonato mundial, dez pontos atrás dos líderes. Este é o seu quarto pódio este ano, depois de vencer em Monte-Carlo e no México, e terminar como vice-campeão na Córsega. É também a quinta vez em tantos eventos nesta temporada que o Citroën Total World Rally Team terminou entre os três primeiros.

Apesar das difíceis condições de empate, particularmente no primeiro dia após as fortes chuvas que caíram antes do evento, a equipe francesa fez um excelente começo, consistentemente entre os pioneiros para terminar a segunda perna em geral, apenas 11,9s atrás dos líderes. O segundo dia provou ser mais complicado. Confuso sobre qual rota tomar no circuito matutino (SS11) por um portão deixado aberto – enquanto o roadbook indicou que deveria ser fechado – Sébastien e Julien hesitaram e acabaram por danificar a direção do seu C3 WRC quando atingiram o portão. . Eles, portanto, caíram de volta para a sexta posição, 21,8s atrás do pódio. Eles então reagiram como os campeões no segundo turno, conquistando duas vitórias em seu caminho para a quarta colocação, mantendo-os com boas chances de chegar ao pódio no último dia.

Depois de um início decente com o quinto melhor tempo no primeiro estágio do rally (SS2), Esapekka Lappi e Janne Ferm infelizmente infelizmente detidos por um furo logo depois (SS4), onde atingiram um banco depois de um crest. O par finlandês foi gradualmente aumentando seu ritmo no que foi apenas a sua segunda aparição na Argentina – como pode ser visto em seus tempos promissores – quando um pneu se soltou após um furo, rolando o carro (SS8) e forçando-os a se retirar do rali na perna de abertura.

Competindo na classe WRC2 Pro em um C3 R5, Mads Ostberg e Torstein Eriksen conquistaram sua segunda vitória consecutiva na categoria após o Rally da Suécia, ao mesmo tempo em que acumularam um considerável recorde de dez vitórias no total do total de dezessete disputadas. Mais uma prova da competitividade do principal produto de corridas de clientes da Citroën Racing nas exigentes estradas argentinas, onde o C3 R5 competia pela primeira vez.

O QUE ELES DISSERAM…

Sébastien Ogier, piloto Citroën Total WRT

“Em termos de pontos, é um bom resultado, marcando dezenove pontos em uma rodada difícil. Por outro lado, nós realmente sofremos se formos pensar em desempenho. Precisamos entender por que, para que não tenhamos o mesmo problema novamente nesta superfície, na qual o C3 WRC teve um bom desempenho anteriormente. De qualquer forma, estou feliz por ter conseguido tirar o máximo proveito do carro que possuo e também por não ter que abrir a estrada em gravilha na Argentina ”.

Esapekka Lappi, piloto Citroën Total WRT

“Todos nós tivemos grandes esperanças nesta rodada, então obviamente não podemos estar satisfeitos com este resultado. Estávamos com pouco desempenho e sofremos bastante subviragem durante o fim de semana. Vamos trabalhar muito para acertar as coisas nas próximas rodadas de asfalto, na Alemanha e depois na Espanha. Enquanto isso, estou ansioso para voltar ao cascalho na Argentina”.

DUAS PERGUNTAS PARA PIERRE BUDAR, DIRETOR DA EQUIPE CITROËN RACING

Como você avaliaria este Tour de Corse?

Em termos de pontos, foi um bom resultado, já que consolidamos a segunda posição na classificação para os campeonatos de pilotos e fabricantes. No entanto, obviamente, não podemos estar satisfeitos com nosso nível de desempenho neste final de semana. Estávamos perdendo alguma coisa em algum lugar durante o fim de semana. Analisaremos tudo em detalhes para que possamos chegar ao fundo desta queda e garantir que voltemos ao nível de competitividade que tínhamos anteriormente em asfalto nas rodadas da Alemanha e da Espanha. Gostaria, no entanto, de ressaltar à reação da minha equipe nesta situação difícil. Eles nunca desistem, trabalhando duro para tentar encontrar todas as soluções possíveis para nossos pilotos. Melhoramos durante o fim de semana e é mantendo essa atitude que continuaremos progredindo e voltando ainda mais fortes.

Como você descreveria o desempenho de suas tripulações?

A característica de um verdadeiro campeão é conseguir produzir performances mesmo quando faltam alguns dos ingredientes que precisa para competir. Assegurar um resultado como este em um fim de semana difícil é como se ganha campeonatos, e Sébastien e Julien sabem disso muito bem. Mais uma vez, eles mostraram habilidade notável e atitude de nunca desistir. Este pódio está acima de tudo para eles. Eles realmente acertaram com suas atuações na Castagniccia, enquanto permaneciam incrivelmente consistentes nos outros estágios. Esapekka e Janne não têm nada do que se envergonhar, mas por enquanto não têm experiência nesse tipo de situação. Estou convencido, no entanto, que assim que dermos a eles um bom carro, eles começarão a produzir o tipo de velocidade que sabemos que eles são capazes de fazer.

DESTAQUES DO FIM DE SEMANA

Ex-piloto do WRC e piloto do time de segurança para Sébastien Ogier e Julien Ingrassia, Simon Jean-Joseph, fez uma retrospectiva das atuações da equipe francesa nas duas corridas na etapa de Castagniccia durante a prova de sábado.

“Para nós, como equipe de segurança, as duas corridas em Castagniccia foram os dois únicos testes neste fim de semana em que tivemos muitas correções a serem feitas. Além do talento, combinado com o espírito de luta e determinação de Seb e Julien, eu acho que uma das suas forças reais vem do incrivelmente preciso sistema de notas de ritmo. Em condições sujas e complicadas como essas, elas têm variações muito sutis na descrição da estrada, o que lhes dá uma sensação de segurança e permite que exibam todo o seu potencial. Para as equipes de segurança, é uma questão de ter uma boa noção das coisas, adicionando correções no lugar certo sem sobrecarregar as anotações. Mas é então um verdadeiro feito para Julien conseguir transmitir todas as diferenças sutis, dada a velocidade com que eles percorrem os estágios, e para Seb conseguir absorver tudo isso”.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DA ETAPA

Neuville / Gilsoul (Hyundai i20 WRC) 3: 22: 59.0
Ogier / Ingrassia (Citroën C3 WRC) +40.3
Evans / Martin (Ford Fiesta WRC) +1: 06.6
Sordo / Del Barrio (Hyundai i20 WRC) +1: 18,4
Suninen / Salminen (Ford Fiesta WRC) +1: 24.6
Tänak / Järveoja (Toyota Yaris WRC) +1: 40,0
Lappi / Ferm (Citroën C3 WRC) +2: 09.1
Loeb / Elena (Hyundai i20 WRC) +3: 39,2
Meeke / Marshall (Toyota Yaris WRC) +5: 06.3
Latvala / Anttila (Toyota Yaris WRC) +6: 44,6
CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS

Thierry Neuville – 82 pontos
Sébastien Ogier – 80 pontos
Ott Tänak – 77 pontos
Elfyn Evans – 43 pontos
Kris Meeke – 42 pontos
Esapekka Lappi – 26 pontos
Sébastien Loeb – 22 pontos
Dani Sordo – 16 pontos
Jari-Matti Latvala – 15 pontos
Teemu Suninen – 14 pontos
CAMPEONATO MUNDIAL DAS MONTADORAS

Hyundai WRT – 114 pontos
Citroën Total WRT – 102 pontos
Toyota Gazoo Racing – 98 pontos
M-Sport Ford WRT – 70 pontos

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE PARIS | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 8ª etapa:

 

ePRIX DE PARIS – Lucas di Grassi fala sobre sua corrida e a sua quarta posição

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: