Citröen assegura pontos preciosos na etapa de Sardenha

Embora as chances de um bom resultado geral do Citroën Total World Rally Team tenham sido comprometidas no primeiro dia, Sébastien Ogier e Julien Ingrassia confirmaram mais uma vez que continuam competindo no Power Stage, conquistando o segundo melhor tempo e quatro pontos de bônus. Entretanto, Esapekka Lappi e Janne Ferm chegaram ao final na sétima posição da geral, tendo conseguido correr os dois últimos setores de forma admirável.

Depois de cometer um erro no primeiro dia (SS5), tentando minimizar a grande desvantagem de correr primeiro nas estradas técnicas e muito soltas da Sardenha, Sébastien Ogier e Julien Ingrassia – tendo reencontrado as regras do Rally 2 na perna de sábado – estavam focados unicamente em pegar alguns pontos de bônus no Sassari – Argentiera Power Stage durante a curta final (41,90 km). Mais uma vez mostrando seu incrível espírito de luta a dupla conquistou quatro pontos, o que significa que agora está em segundo lugar no campeonato mundial, quatro pontos atrás do novo líder.

Apesar de estar aquém das expectativas do Citroën Total World Rally Team para esta rodada, o resultado significa que, quando o campeonato regressar após a pausa do verão europeu, irá enfrentar estradas na Finlândia (1-4 de Agosto). A ruptura próxima será, sem dúvida, usada pelo Exército Vermelho da Citroën para redobrar seus esforços em preparação para a segunda metade da temporada.

No cascalho, a primeira partida tende a ser decisiva, pois determina a ordem de corrida para o restante do rali, e Esapekka Lappi e Janne Ferm experimentaram isso da pior maneira possível. Eles estavam correndo em sexto lugar no geral e foram gradualmente se orientando quando caíram quase 40s depois que um dos pneus se soltou (SS4). Eles fizeram um trabalho duro no C3 WRC para subir de volta na tabela de classificação (vitória na etapa SS5, segundo na SS9, apenas 0,1s fora do ritmo), mas não conseguiram terminar a etapa de abertura mais do que oitavo, depois também sofrendo um problema de sensor (SS6).

Apesar de uma posição menos que ideal na ordem de corrida no sábado, eles conseguiram produzir um desempenho consistente e livre de erros no segundo dia, já que continuaram a lidar com o C3 WRC no cascalho e recuperaram a sétima posição quando as outras equipes sofreram um furo. A dupla terminou a etapa final no mesmo lugar. O aprendizado desta corrida os ajudará, sem dúvida, a começar o próximo evento, a rodada em casa na Finlândia, na melhor forma possível.

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/F9GwK1YT4yACqHsym6pqu8

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Análise: Vettel CULPADO ou INOCENTE no GP do Canadá? partc. Sérgio Milani. Veja abaixo:

 

ePRIX DE BERLIM | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 10ª etapa:

 

Lucas di Grassi comenta VITÓRIA no ePrix de Berlim 2019 – Fórmula E:

 

STOCK CAR 2019 | Goiânia | MELHORES MOMENTOS (4ª e 5ª etapa):

 

WILSINHO FITTIPALDI e seu “ADEUS” para NIKI LAUDA:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: