Ford guiado por Kanaan em Le Mans perde o quarto lugar da GTE-Pro

O Ford GT número 67 perdeu seu quarto lugar na categoria GTE-Pro, nas 24 Horas de Le Mans, devido a uma infração no tempo de pilotagem.

O carro guiado por Harry Tincknell, Andy Priaulx e Tony Kanaan recebeu uma penalidade de 11 voltas mais (1:23.499) acrescentados no tempo, devido a Kanaan completar apenas 5 horas e 16 minutos do mínimo de seis horas de prova.

A penalidade foi calculada com base na conversão de 44 minutos perdidos de Kanaan para voltas inteiras. Isso rebaixa o carro 67 ao 12º lugar da classe GTE-Pro. A penalidade promoveu o Corvette C7.R nº 63 para o quarto lugar da classe, com a Ferrari 488 GTE nº 52 da AF Corse completando agora os cinco primeiros.

Três outras penalidades relacionadas a tempo na pista também foram distribuídas após a corrida.

O CEFC TRSM nº5 teve seis voltas eliminadas mais (2:45) acrescentados ao tempo, devido a Leo Roussel também não cumprir o tempo mínimo na pista. Já o Ford nº 69, que enfrentou problemas de caixa de câmbio, recebeu uma penalidade de duas voltas e mais (1:42) acrescentado, por Scott Dixon não cumprir o tempo mínimo de pilotagem.

Francois Perrodo, entretanto, foi penalizado por ter excedido, em quatro minutos, o tempo máximo de pilotagem em um período de seis horas. Assim, o TDS Racing Oreca nº 28 recebeu uma volta e mais (1:18) acrescentados ao seu tempo como punição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *