Falta de Fernando Alonso à teste no WEC não preocupa Toyota

Fernando Alonso, piloto de Fórmula 1 da McLaren não conduzirá o Toyota na pista, juntamente com o grid completo de carros, antes da grande abertura da super temporada do WEC em Spa, que acontece em maio. Tudo isso porque o teste oficial da da pré-temporada em Paul Ricard, no início de abril, coincide com as datas do Grande Prêmio do Bahrain de Formula 1.

A Toyota acredita que Fernando Alonso não será prejudicado por perder a oportunidade de pilotar o ‘TS050 Hybrid’ antes do início do Campeonato Mundial de Endurance (WEC) 2018/19.
O chefe da Toyota Motorsport, Pascal Vasselon, disse que a participação de Alonso nas 24 Horas de Daytona no mês passado com a equipe do United Autosports LMP2 somada a habilidade que ele mostrou na pista, significaram que a equipe não deve ter preocupações com Alonso perdendo o teste de Ricard.

“Ele terá menos experiência na pista do que seus companheiros de equipe, e Spa será a primeira experiência no nosso carro”, disse Vasselon à publicação ‘Autosport’.

Vasselon disse que Alonso mostrou uma aptidão para as demandas específicas das corridas de resistência e estava entrosado com o pelotão da Toyota LMP1 e seus novos companheiros de equipe.

“Ele entende o que é o endurance e quais são seus deveres”, explicou Vasselon.

Alonso revelou durante seu segundo teste com a Toyota, esta semana no circuito do Algarve em Portugal, que achou a equipe muito acolhedora.

“A atmosfera na equipe é incrível”, disse Alonso.

“Desde o primeiro dia, todos foram muito amigáveis ​​comigo: temos um grupo no WhatsApp no ​​qual conversamos constantemente”.

Kazuki Nakajima e Kamui Kobayashi também perderão o teste em Ricard, porque serão encarregados de estar com a marca Lexus da Toyota na abertura do Super GT em Okayama.

Apesar disso, todos os seis pilotos da Toyota, mais o piloto de testes e reserva Anthony Davidson, estão participando da simulação de prova em Algarve esta semana.

A equipe já realizou um teste de desempenho na segunda-feira, e iniciou uma corrida de 30 horas na manhã da terça-feira.

A Toyota tem mais um teste agendado antes do início da temporada nos dias 6 e 7 de abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *