Depois do sucesso das 24h de Spinning, organização das 6h de São Paulo pretende fazer novos eventos

A prova começou às 10h deste sábado, junto com a largada das 24 Horas de Le Mans; organização do evento investirá R$ 17.830 em benfeitorias no Parque das Bicicletas

As 24 Horas de Spinning de São Paulo terminaram no último domingo – exatamente ao mesmo tempo que acabou a 87ª 24h de Le Mans – com 17.830 quilômetros pedalados pelas 23 equipes participantes da prova, e a F1Mania esteve lá para conferir a inusitada ideia de Aline Villate, diretora geral das 6 Horas de São Paulo.

A competição começou às 10h de sábado, no Parque das Bicicletas, simultaneamente às 24 Horas de Le Mans, a mais tradicional etapa do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC) e que foi transmitida ao vivo no local.

A equipe campeã foi a da Bike 17. Veja abaixo a lista dos cinco primeiros colocados:

1º lugar – Bike 17 (Blog Viver com Pedal – 902,7 quilômetros)
2º lugar – Bike 4 (Bodytech Eldorado – 885,7 quilômetros)
3º lugar – Bike 14 (Bodytech Indianópolis – 884,2 quilômetros)
4º lugar – Bike 1 (Bodytech Santana – 869,5 quilômetros)
5º lugar – Bike 11 (Bodytech Iguatemi – 867,2 quilômetros)

A equipe vencedora levou seis pares de credenciais para o Paddock da 6 Horas de São Paulo, quinta etapa do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC), que será realizada no Autódromo de Interlagos entre os dias 30 de janeiro e 1 de fevereiro de 2020. Os segundos colocados receberam seis pares de ingressos para a arquibancada B. Já os terceiros colocados ganharam seis pares de ingressos para a arquibancada A. Os demais participantes que postarem uma foto no Instagram, com a hashtag da prova, também levam um ingresso individual para a arquibancada A.

Visitamos o evento na madrugada do domingo, com mais de 12 horas de competição completadas e apenas uma desistência havia sido registrada.

A diretora geral das 6 Horas de São Paulo, Villate, falou com exclusividade à F1Mania e nos contou sobre a ideia de conciliar as 24 Horas de Le Mans com as primeiras 24 Horas de Spinning do Brasil.

“A ideia surgiu, porque quando eu fui chamada para organizar as 6 Horas (de São Paulo) aqui no Brasil, eu pensei ‘como eu vou fazer para que as pessoas conheçam mais o espírito do Endurance fora do Brasil?’. O que é Le Mans de verdade!”, disse Villate.

“Nós temos campeonatos de endurance no Brasil, mas aquele verdadeiro espírito que existe, em Le Mans é algo que ainda não conseguimos trazer para cá.

“Então pensei ‘de que forma eu conseguir fazer com que as pessoas comecem a vivenciar isso, compreender o que é isso, como a gente trabalha, como as pessoas se mantém motivadas’ porque não é só o piloto no carro, tem o trabalho do mecânico, do engenheiro e como eu vou fazer para as pessoas se interessarem mais por isso. Então tive a ideia de transmitir as 24 Horas de Le Mans ao vivo, mas pensei ‘se eu fizer só isso, ninguém vai lá ver’.

“E aí assistindo TV eu vi uma academia de spinning e tive a ideia então de fazer 24 horas de spinning e as pessoas pedalando em frente dos telões.”

“Eu queria inicialmente com três pilotos igual ao carro, mas eu sou especializada em automobilismo e com ajuda da Bodytech conseguimos reformatar o evento para o spinning.”

A diretora das 6 Horas de São Paulo quer realizar mais eventos como esse, aliando o esporte e o automobilismo, ao mesmo tempo que acontecem as etapas do WEC. A competição promete transformar o Autódromo de Interlagos em um grande parque de diversões para toda a família.

“A primeira coisa que pensei foi que precisamos criar eventos e ativações para as 6 Horas de São Paulo, mas de uma forma com que as pessoas tivessem acesso – de forma gratuita, para trazer o envolvimento do público mesmo”, disse Villate.

“Minha ideia é: daqui até chegar as 6 Horas de São Paulo criar eventos esportivos para estimular todo o espírito do endurance – físico, mental, etc – sempre ‘linkado’ com alguma corrida do WEC, para trazer a galera do automobilismo e dos esportes”, acrescentou.

O evento que acontece em Interlagos, as 6 Horas de São Paulo, será a quinta etapa da temporada 2019/ 2020 do Campeonato Mundial de Endurance, o WEC, e acontecerá entre os dias 30 de janeiro e 1 de fevereiro.

As 6 horas de São Paulo serão uma “mini Le Mans”, com programação para toda a família e para todas as idades nos três dias de duração. Além de pelo menos seis horas de muita adrenalina na pista, serão mais de 12 horas de entretenimento no Autódromo de Interlagos.

Na parte central do local, o Village Park abrigará ações para todas as idades, com Food Park completo, lojas com produtos ligados ao esporte, roda gigante, arborismo e atividades educacionais e esportivas. Além disso, uma área de games com simuladores receberá uma etapa do Le Mans eSports Series. Shows musicais diários darão ainda mais energia para a torcida pular, dançar e cantar, com um grande nome da música brasileira encerrando a etapa.

A idade mínima para acessar o autódromo é de cinco anos, conforme portarias 01/99 e 01/2002 da Vara da Infância e Juventude de São Paulo.

As entradas adquiridas para o festival de velocidade são válidas para os três dias de evento, em quatro diferentes setores. O preço de venda para o Setor A é de R$ 250 (R$ 125 a meia entrada). No Setor M, o ticket custa R$ 490 (R$ 245 a meia entrada). Já o Setor B, que conta com um kit lanche, o valor do ingresso é de R$ 600. O Paddock, por sua vez, sairá por R$ 3.950,00, também com serviço de alimentação e bebidas durante os três dias do evento.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Análise: Vettel CULPADO ou INOCENTE no GP do Canadá? partc. Sérgio Milani. Veja abaixo:

 

ePRIX DE BERLIM | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 10ª etapa:

 

Lucas di Grassi comenta VITÓRIA no ePrix de Berlim 2019 – Fórmula E:

 

STOCK CAR 2019 | Goiânia | MELHORES MOMENTOS (4ª e 5ª etapa):

 

WILSINHO FITTIPALDI e seu “ADEUS” para NIKI LAUDA:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: