6 Horas de Xangai: Com Conway e Kobayashi, Toyota garante a pole e quarta dobradinha consecutiva

A Toyota Gazoo Racing garantiu a primeira fila do grid para as 6 Horas de Xangai na manhã deste sábado, aumentando a sequência para quatro dobradinhas consecutivas nas qualificações deste ano.

Mike Conway e Kamui Kobayashi, com o #7 Toyota TS050 Hybrid, marcaram a média de 1:42.931s com 1:42.708s de Conway e 1:43.155s de Kobayashi.

O #1 Rebellion R-13 de Andre Lotterer e Bruno Senna em terceiro com o tempo de 1:43.218s, o que os colocou a pouco mais de dois décimos da pole e menos de um décimo da Toyota #8, que vai largar na segunda posição com o tempo de 1:43.159s.

A última tentativa de Lotterer de conquistar a pole esteve bem perto de atingir seu objetivo, com o alemão fazendo 1:42.869s, o segundo melhor tempo da sessão.

Na quarta posição terminou a BR1 #17 da SMP Racing, completando a segunda fila, à frente do outro R-13 Rebellion Racing, na quinta posição.

Na LMP2, os “donos da casa”, a Jackie Chan DC Racing, garantiu a pole e, como a Toyota, a dobradinha na primeira fila da categoria. O #38 ORECA da equipe foi o mais rápido dos dois, Ho Pin Tung e Gabriel Aubrey definiram a média combinada de 1:48.888s. O #37, entretanto, que venceu a última vez em Fuji, ficou três décimos atrás, com 1:49.138s.

A DragonSpeed ficou em terceiro lugar, à frente da Alpine.

Na GTE Pro, foi a Ford que surgiu como a fabricante mais rápida, com seu #66 GT de Oliver Pla e Stefan Mucke arrebatando o primeiro lugar no final da sessão com uma média de 1:58.627s. Isso aconteceu depois que a equipe optou por colocar Mucke de volta no carro para uma segunda tentativa após a volta de Pla, com o alemão estabelecendo 1:58.464s em sua última volta para superar o #66 no primeiro lugar superando o BMW #81.

Até os momentos finais, o BMW #81 pareceria que garantiria a pole depois dos esforços de Martin Tomczyk e Nicky Catsburg. A média combinada da dupla de 1:58.441s não foi suficiente, mesmo com a volta rápida de 1:58.441s de Catsburg, que foi a mais rápida da GTE na sessão.

Mais para trás, Aston Martin e Porsche conseguiram colocar os carros entre os quatro primeiros, o #97 Vantage AMR ficou na P3, e o #92 911 RSR ficou na P4.

No entanto, nem todos os fabricantes iniciarão a corrida de amanhã, já que foi uma sessão complicada para a AF Corse e a convidada Corvette Racing. Os dois AF 488 GTEs da Ferrari começarão na P9 e P10, à frente do Corvette Racing C7. R, que começará na última posição na Pro, Oliver Gavin e Tommy Milner, a única dupla da classe que não superou a barreira dos dois minutos.

A briga pela pole na GTE Am também foi emocionante, com o #98 Vantage, da Aston Martin Racing, garantindo o primeiro lugar depois de uma volta excelente de Pedro Lamy, que melhorou para 2:01.884s em sua volta final, subindo da sexta para a primeira posição, e garantindo a primeira pole da equipe na temporada. O #77 Dempsey Proton Porsche vai largar em segundo e o #54 Spirit of Race Ferrari na terceira posição.

 

Veja alguns vídeos do nosso Canal no Youtube. Confira:

 

Stock Car no Salão do Automóvel: 40 anos de história e revolução. Confira o teaser:

 

Últimos dias do Salão do Automóvel em São Paulo. Veja algumas atrações: