4h de Silverstone: Toyota é dominante e faz a dobradinha na estreia do WEC

A Toyota Gazoo Racing começou a temporada 2019/20 do Campeonato Mundial de Endurance, o WEC, de forma dominante nas 4 Horas de Silverstone.

As duas Toyotas disputaram durante toda a corrida, com o #8 inicialmente à frente até que Brendon Hartlley precisou parar para reparos no limpador do para-brisa, permitindo que o #7 de Mike Conway, Kamui Kobayashi e Jose Maria Lopez assumisse a liderança e caminhasse até a vitória.

As duas Rebellion era de longe os LMP1s não híbridos mais rápidos na pista, mas não foram capazes de desafiar as Toyota.O #3 R13 Gibson de Nat Berthon, Pipo Derani e Loic Duval completou o pódio geral. O #1 sofreu um problema mecânico nos estágios finais da corrida, acabando com qualquer esperança para Bruno Senna, Gustavo Menezes e Norman Nato, com o #5 Team LNT Ginetta conquistar a quarta posição.

Na LMP2, os estreantes no WEC, a Cool Racing, venceram de forma surpreendente. A dupla de Antonin Borga e Nicolas Lapierre, superou a Signatech Alpine Elf e o Racing Team Nederland.

A equipe holandesa liderou uma parte significativa da corrida, até receberem uma penalidade de cinco segundos. Frits van Eerd foi ultrapassado na última volta por Thomas Laurent, da Signatech Alpine, ficando em segundo lugar com o #36 Signatech Alpine A470.

Na GTE Pro, a Porsche celebrou uma estreia impecável do novo 911 RSR-19 com uma dobradinha. O #91 de Richard Lietz e Gianmaria Bruni conquistou a vitória à frente de Kevin Estre e Michael Christensen no #92. A equipe fez uma aposta bem-sucedida de pneus durante o período de chuva, o suficiente para deixá-los perto da vitória. A Aston Martin Racing conquistou a última posição no pódio com o #97 de Alex Lynn e Maxime Martin.

A Ferrari, que sem dúvida teve o ritmo de corrida mais forte, sofreu vários contratempos. Primeiro, o pole James Calado sofreu um furo nos pneus nos estágios iniciais. Então, o #71 de Miguel Molina e Davide Rigon foi eliminado pelo #6 Ginetta de Oliver Jarnis. A dupla se encontrou na Maggotts, enviando a Ferrari contra a parede e fora da corrida.

Na GTE Am, uma corrida emocionante e cheia de incidentes e penalidades terminou com a AF Corse no degrau mais alto do pódio. O #83 de Francois Perrodo, Emmanuel Collard e Nicklas Nielsen conquistaram a vitória, com o #98 Aston Martin de Ross Gunn, Darren Turner e Paul Dalla Lana em segundo e a MR Racing na terceira posição.

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IHEmXnwxu3JDk3pmRviZ7r

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – O que um piloto de Fórmula E faz durante as férias?

 

PORSCHE CUP BRASIL | ETAPA ESTORIL 2019 | MELHORES MOMENTOS:

 

Fórmula E: Como pilotos e equipes se comunicam:

 

Eurofarma terá quatro carros e Di Grassi na Corrida do Milhão da Stock Car:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: