Rei do sábado, Wellington Cirino faz quarta pole no ano da Copa Truck

Em Buenos Aires, campeão da Copa Sul enfrenta forte concorrência de Giaffone e Andrade, mas garante posição de honra por 0s109

A primeira classificação da história da Copa Truck em terras estrangeiras viu Wellington Cirino cravar a quarta pole position na temporada 2018. Assim como fez em Cascavel, Interlagos e Goiânia, o piloto do Mercedes-Benz superou a forte concorrência de Felipe Giaffone e Roberval Andrade para assegurar a posição de honra.

Ciente de que possuía um caminhão Mercedes-Benz bem preparado, Cirino nem se preocupou em voar no Q1, fechando a sessão em terceiro e dando apenas duas voltas. Com toda essa confiança, ele foi o primeiro a ir à pista no Top Qualifying e não demorou muito para cravar a marca de 1min36s538, superando Giaffone – que errou em sua volta final – em apenas 0s109.

“Tenho um caminhão muito mais rápido que os que já guiei. A primeira parte do treino eu peguei leve pois foquei no Top Qualifying, pois sabia que a concorrência seria forte e foi o que aconteceu: Felipe e Roberval vieram fortes, mas conseguimos garantir a posição de honra”, comemorou o pole position. “A primeira volta que dei no Q1 era o tempo para a pole, pois acertei na veia. Dei três voltas muito parecidas mas não achando a mesma velocidade que encontrei na primeira. Mas o bacana é mostrar que a competitividade está de volta para a categoria e amanhã o bicho vai pegar forte”, relatou Giaffone.

Não muito distante ficou Roberval, que ficou a menos de meio segundo do pole, mais exatamente a 0s376, dividindo a segunda fila com André Marques, a 0s831. “Não fiquei satisfeito com a minha volta e o meu rendimento, mas treino é treino e corrida é corrida. Amanhã vamos pra cima”, destaca Roberval. “Era o que esperava e estou feliz com a equipe, que merece mais essa pole com o Cirino. Estamos bem para corrida, estamos fortes e vamos para cima”, completou Marques.

Pedro Paulo, com a nova equipe PPD, foi um dos destaques ao assinalar o quinto tempo, à frente de nomes de respeito como Renato Martins, Giuliano Losacco e Regis Boessio, que completaram a lista dos que disputaram o Top Qualifying, enquanto Witold Ramasauskas e Leandro Totti fecharam a relação dos dez primeiros no grid de largada. Dois pilotos que fizeram falta na turma de cima foram Beto Monteiro e Danilo Dirani, que não registraram tempo e largarão do fim do grid.

Antes da largada, às 10h50, a Copa Truck realiza o Desafio dos Brutos e o Desfile dos Pilotos, enquanto a prova que acontece neste domingo às 13h19 com transmissão ao vivo do SporTV2. Confira abaixo o grid de largada completo:

1. Wellington Cirino (Mercedes-Benz), 1min36s538
2. Felipe Giaffone (Volkswagen), 1min36s647
3. Roberval Andrade (Scania), 1min36s914
4. André Marques (Mercedes-Benz), 1min37s369
5. Pedro Paulo Fernandes (Mercedes-Benz), 1min38s516
6. Renato Martins (MAN), 1min38s621
7. Giuliano Losacco (Iveco), 1min39s004
8. Regis Boessio (Volvo), 1min39s184
9. Witold Ramasauskas (MAN), 1min39s228
10. Leandro Totti (Mercedes-Benz), 1min39s588
11. Adalberto Jardim (Ford), 1min39s865
12. Debora Rodrigues (Volkswagen), 1min40s612
13. Luiz Lopes (Iveco), 1min40s774
14. Duda Bana (Volvo), 1min41s403
15. Rodrigo Belinati (Volkswagen), 1min42s807
16. Beto Monteiro (Iveco), sem tempo
17. Fábio Fogaça (Ford), sem tempo
18. Danilo Dirani (Mercedes-Benz), sem tempo
19. Rogerio Castro (Volkswagen), desclassificado por excesso de fumaça