Copa Truck retorna à Rivera para decidir mais um título

Assim como no ano passado na estreia dos Brutos no Autódromo Eduardo P. Cabrera, etapa em solo uruguaio definirá mais um campeão e três finalistas para a decisão de dezembro

Depois de uma estreia marcante com a presença de 40 mil pessoas em dois dias, a Copa Truck retorna ao Autódromo Eduardo P. Cabrera, em Rivera, na divisa do Uruguai com o Brasil, para escrever mais uma uma importante página de sua história e da temporada 2019.

Assim como aconteceu em 2018, a etapa no circuito de 3.080 metros decidirá um título e três vagas para a decisão de dezembro, concluindo a terceira das quatro Copas em disputa na temporada regular. A que se decide neste domingo teve início há duas semanas, em Santa Cruz do Sul (RS), e está completamente aberta, com pelo menos oito pilotos com chances diretas de título e o restante com chances remotas, porém matemáticas.

Paulo Salustiano lidera a tabela com 36 pontos, cinco à frente de Leandro Totti. Mais atrás, todo mundo embolado: Felipe Giaffone com 29, André Marques e Wellington Cirino com 28, Beto Monteiro com 27, Regis Boessio com 22 e Renato Martins com 21. Mais atrás, fechando a lista dos dez melhores, vêm Luiz Carlos Zapelini com 18 e Pedro Paulo Fernandes com 17.

“Estou muito dedicado em ganhar esse título e a vaga para a final. Já vencemos três corridas neste ano mas ainda nos faltam uma Copa e uma classificação. Espero que tenha um fim de semana sem problemas como em Santa Cruz do Sul, assim posso tirar essa pressão das costas e trabalhar tranquilo o restante do campeonato”, comenta Salustiano.

Dos que disputam uma das três vagas, três deles já estão garantidos e buscam os pontos extras entregues aos classificados: Giaffone, Marques e Monteiro; já Roberval Andrade, atual campeão da Copa Truck e assegurado na decisão, zerou em Santa Cruz e precisa de um fim de semana perfeito para tentar beliscar pelo menos a terceira e última vaga. “Não é impossível. Estamos aperfeiçoando o novo caminhão etapa-a-etapa e pretendo ser uma pedra no sapato de todo mundo”, afirma Roberval, que em 2019 estreia com a Mercedes-Benz.

Os mais de 20 caminhões inscritos terão um palco à altura: os administradores do Autódromo Eduardo P. Cabrera ouviram os pilotos, fizeram reformas em trechos da pista e reasfaltaram outros pontos para este ano. “Eles não esqueceram o nosso feedback, aprenderam junto conosco após o evento do ano passado e melhoraram diversos setores e isso é digno de aplausos”, ressaltou Renato Martins.

Além da briga pelo título, os pilotos também aguardam ansiosamente a invasão do público nas dependências do autódromo em igual número ou até maior em relação ao ano passado. “A gente teve dez mil pessoas só na hora da visitação no sábado, algo que nunca acontece normalmente. O domingo, então, sem comentários, foi um show à parte. Sem contar o carinho das pessoas conosco nas ruas. A gente se sente muito bem em voltar”, completa Débora Rodrigues, única mulher do grid.

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IHEmXnwxu3JDk3pmRviZ7r

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – O que um piloto de Fórmula E faz durante as férias?

 

PORSCHE CUP BRASIL | ETAPA ESTORIL 2019 | MELHORES MOMENTOS:

 

Fórmula E: Como pilotos e equipes se comunicam:

 

Eurofarma terá quatro carros e Di Grassi na Corrida do Milhão da Stock Car:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: