Vice-líderes, brasileiros recarregam as energias para as etapas finais do Rally Dakar

A apenas 1min42 dos ponteiros na disputa entre os UTVs, dupla Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin aproveita descanso em Arequipa de olho na busca pelo bicampeonato do Rally Dakar na metade final da prova, a bordo do UTV Can-Am Maverick X3

O Rally Dakar 2019 chegou à metade e os competidores aproveitam um merecido dia de descanso neste sábado (12), em Arequipa, no Peru. Vice-líderes da categoria para UTVs após cinco etapas disputadas, a apenas 1m42seg dos ponteiros, Reinaldo Varela e Gustavo Gulgelmin, da equipe Monster Energy / Can-Am, estão motivados para a jornada final da prova. Não deixe de aproveitar o bet365 codigo bonus nesta fase decisiva. A dupla brasileira defende o título da mais importante competição off-road do calendário internacional a bordo do UTV Can-Am Maverick X3, o veículo que é a escolha dos 10 melhores do ranking da categoria.

O piloto paulista Varela ressaltou a importância da pausa na competição, mas se mostrou ávido pelo prosseguimento da prova. “O descanso é importante, mas já estou pronto para a sexta etapa, neste domingo (13). Eu não me sinto cansado, pelo contrário, estou preparado para os próximos dias”, disse.

Com metade do certame concluída, Varela e Gugelmin estão muito próximos dos líderes, a dupla chilena Rodrigo Piazzoli e Jorge Diaz. “A prova foi muito rápida até aqui, com longas quilometragens, pedras e muitas retas. Acredito que o verdadeiro Rally Dakar será revelado nos próximos dias, que prometem muitas dunas, trechos travados e ainda mais atenção na navegação”, afirmou Varela.

A vice-liderança na disputa entre os UTVs foi alcançada após uma jornada em que não faltaram desafios: juntamente com os chilenos Rodrigo Piazzoli e Jorge Diaz, que venceram a quinta etapa e assumiram a ponta da tabela, os brasileiros foram os únicos que conseguiram superar a neblina e a poeira do trecho final da especial realizada nesta sexta-feira (11).

Por conta da má visibilidade, que poderia ameaçar a segurança dos competidores, a organização da prova suspendeu a disputa na altura do quilômetro 425. A segunda perna da etapa maratona contava inicialmente com 517 quilômetros de especiais, em um percurso total de 714 quilômetros, sem auxílio mecânico externo.

“Foram dias muito difíceis. Na quinta etapa, a organização tomou a decisão correta com o cancelamento. O trecho apresentava muita neblina e a poeira atrapalhava ainda mais a visibilidade, estava perigoso”, analisou Varela.

Hegemonia – Veículo pilotado pelos dez primeiros colocados na prova, o Can-Am Maverick X3, mais uma vez, mostra potência e resistência em longas etapas, repletas de pedras e dunas, como o percorrido no Peru. “O Can-Am Maverick X3 foi perfeito na etapa Maratona e está passando por uma revisão preventiva para os dias finais do Dakar”, acrescentou Varela.

O Rally Dakar 2019 conta com 10 etapas e mais de 5 mil quilômetros no total (cerca de três mil quilômetros de especiais). A prova será encerrada no dia 17 de janeiro, em Lima, no Peru. Além de UTVs, a competição, que neste ano será disputada integralmente em território peruano, possui categorias para motos, carros, quadriciclos e caminhões.

Rally Dakar 2019 – Categoria UTVs (SxS)

Resultados da 5ª etapa
1 – #421 – Rodrigo Piazzoli / Jorge Diaz (CHI) – 6:33:52 – Can-Am Maverick X3 – 6:33:52
2 – #340 – Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin (BRA) – 6:35:04 – Can-Am Maverick X3
3 – #358 – Farres Guel / Daniel Carreras (ESP) – 7:06:34 – Can-Am Maverick X3
4 – #398 – Cristian Baumgart / Alberto Andreotti (BRA) – 7:07:41 – Can-Am Maverick X3
5 – #343 – Casey Currie (EUA) / Rafael Córdoba (ESP) – 7:15:10 – Can-Am Maverick X3
6 – #378 – Ricardo Porém / Jorge Monteiro (POR) – 7:16:35 – Can-Am Maverick X3
7 – #418 – José Hinojo Lopes / Javier Blaco (ESP) – 7:19:11 – Can-Am Maverick X3
8 – #360 – Francisco Contardo / Álvaro Quintanilla (CHI) – 7:24:35 – Can-Am Maverick X3
9 – #344 – Sergei Kariakin (RUS) / Anton Vlasiuk (LET) – 7:32:29 – Can-Am Maverick X3
10 – #401 – Pedro Breyner (POR) / Javier Godoy (PER) – 7:33:12

Classificação acumulada após cinco etapas

1 – #421 – Rodrigo Piazzoli / Jorge Diaz (CHI) – 21:36:25 – Can-Am Maverick X3
2 – #340 – Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin (BRA) – 21:38:07 – Can-Am Maverick X3
3 – #358 – Gerard Guel / Daniel Carreras (ESP) – 21:50:33 – Can-Am Maverick X3
4 – #344 – Sergei Kariakin (RUS) / Anton Vlasiuk (LET) – 22:05:02 – Can-Am Maverick X3
5 – #360 – Francisco Contardo / Álvaro Quintanilla (CHI) – 23:05:56 – Can-Am Maverick X3
6 – #343 – Casey Currie (EUA) / Rafael Córdoba (ESP) – 23:29:31 – Can-Am Maverick X3
7 – #412 – Marcos Baumgart / Kleber Cincea (BRA) – 23:39:18 – Can-Am Maverick X3
8 – #372 – Miguel Jordão (POR) / Lourival Justo (BRA) – 23:48:57 – Can-Am Maverick X3
9 – #398 – Cristian Baumgart / Alberto Andreotti (BRA) – 23:49:05 – Can-Am Maverick X3
10 – #378 – Ricardo Porém / Jorge Monteiro (POR) – 23:55:47 – Can-Am Maverick X3

Roteiro do Rally Dakar 2019:


6ª etapa – Domingo (13/1)

Arequipa/San Juan de Marcona
Quilometragem total – 810 km
Trecho Especial (Cronometrado) – 309 km

7ª etapa – Segunda-feira (14/1)
San Juan de Marcona/San Juan de Marcona
Quilometragem total – 387 km
Trecho especial (cronometrado) – 323 km

8ª etapa – Terça-feira (15/1)
San Juan de Marcona/Pisco
Quilometragem total – 575 km
Trecho especial (cronometrado) – 360 km

9ª etapa – Quarta-feira (16/1)
Pisco/Pisco
Quilometragem total – 409 km
Trecho especial (cronometrado) – 313 km

10ª etapa – Quinta-feira (17/1)
Pisco/Lima
Quilometragem total – 359 km
Trecho especial (cronometrado) -112 km.

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – “ESQUENTA | ePrix de MARRAQUEXE – Fórmula E 2018/2019”:

 

“Schumacher não respira com ajuda de aparelhos”, diz jornal britânico:

 

Confira os melhores momentos da Fórmula E na Arábia Saudita:

 

EQUIPES E PILOTOS | FORMULA E 2018/2019 | Campeonato ABB FIA Fórmula E

 

Assista ao “RESUMÃO” das novidades da F-E para temporada 2018/2019?