Xfinity: Brad Keselowski supera punição para vencer em Phoenix

Nem uma penalidade por ultrapassar o limite de velocidade nos boxes nem chuva inusitada no deserto de Sonoran poderia manter Brad Keselowski fora da Victory Lane no sábado na ISM Raceway.

Ao ganhar o DC Solar 200 em sua primeira participação na temporada da NASCAR Xfinity Series, Keselowski conquistou sua segunda vitória no traçado de uma milha e a 37º de sua carreira, a quinta maior de todos os tempos.

O piloto do Team Penske Ford No. 22 venceu Justin Allgaier na linha de chegada por 0.530 segundo em uma batalha que viu Keselowski, Allgaier, o terceiro lugar Kyle Busch e o quarto lugar Christopher Bell, todos se revezarem na liderança.

“Foi um esforço de equipe sólido”, disse Keselowski, que liderou 66 voltas, perdendo apenas para as 76 voltas de Allgaier. “Eu não fui perfeito hoje por toda a imaginação, mas o carro era muito forte.

“Realmente, muito bom por cerca de 50-60 voltas. Nas últimas 20 voltas cairia muito, mas os caras deram conta. Estou realmente orgulhoso deles”.

O final do primeiro estágio de 45 voltas, conquistado por Allgaier, trouxe uma bandeira vermelha por conta da chuva com duração de 1 hora, 34 minutos, 57 segundos. Quando a corrida continuou sob bandeira amarela, Keselowski recebeu uma penalidade por ultrapassar o limite de velocidade no pit-lane e relargou na volta 53 na parte de trás do pelotão.

Isso abriu o caminho para que Busch ganhasse o 2º estágio – que terminou em uma única volta depois de um atraso de chuva de 25 minutos, 21 segundos – quando Keselowski voltou para a terceira posição. O estágio final ficou livre de bandeiras amarelas por 104 voltas, com abundância de disputas e ultrapassagens entre os candidatos à vitória.

As estratégias de pit-stops colocaram Allgaier na liderança para a última relargada na volta 97, mas Keselowski o alcançou na volta 143. Com um excelente carro de longa duração, Bell puxou o caminho para a liderança na volta 164, passando Keselowski em um lado a lado emocionante.

Mas Keselowski recuperou o primeiro lugar na volta 179, perto do final de um longo ciclo de paradas em bandeira verde e permaneceu confortavelmente à frente de Allgaier no resto do caminho.

“Foi desanimador assumir a liderança e voltar atrás após o pit-stop”, disse Bell, cujo carro não conseguiu acompanhar os rivais de pneus novos. “Eu sofri nos trechos mais curtos para obter velocidade, e aqueles caras afastaram-se de mim”.

Allgaier também ganhou terreno sobre os companheiros de equipe da JR Motorsports, Elliott Sadler e Tyler Reddick, que entraram na corrida empatados na liderança do campeonato. Sadler e Reddick largaram na parte de trás do pelotão, Sadler por causa de uma troca de motor e Reddick em um carro reserva depois de danificar seu primeiro Chevrolet No. 9 durante a primeira rodada de qualificação no sábado.

Sadler, que terminou em nono como o primeiro piloto uma volta atrasada, manteve a liderança da série por um ponto sobre o Reddick, que terminou em 10º. Allgaier é terceiro na classificação, sete pontos atrás, e Bell segue o líder por oito pontos em quarto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *