Felipe Rabello é quarto na Euro Nascar em Hockenheim

O brasileiro Felipe Rabello conseguiu mais um bom resultado na sua segunda temporada da Whelen Euronascar Series ao terminar em quarto lugar a segunda corrida da penúltima etapa do ano, hoje (domingo, 16), em Hockenheim, Alemanha.

Depois de largar em nono e terminar em sexto lugar na corrida de sábado, o mineiro optou por alterar o acerto do seu carro na esperança de melhorar o desempenho do seu Chevrolet Camaro e obteve um quarto lugar após uma acirrada disputa com o francês Wilfried Boucenna e o alemão Justin Kunz .

A edição 2018 da série europeia da Nascar termina em outubro, no autódromo de Zolder, na Bélgica, pista que assim como Hockenheim tem no seu histórico a realização de várias edições do GP da Bélgica de F-1.

O resultado de Felipe Rabello em Hockenheim não reflete sua performance em uma das pistas mais desgastantes da temporada. Na prova de classificação do sábado o piloto mineiro foi o mais veloz na prova de classificação, que dura apenas oito minutos e é aberta a todos os inscritos. Os dez melhores voltam à pista para disputar a “Superpole”, que dura apenas cinco minutos.

“Quando iniciei minha volta rápida peguei um carro saindo box e acabamos os dois prejudicados; por isso acabei largando em nono lugar na primeira corrida”, explicou Rabello, que conseguiu recuperar três posições e garantir um lugar na terceira fila para o grid para a corrida de hoje. No intervalo entre as duas provas ele e os engenheiros da equipe PK Carsport optaram por um novo acerto que privilegiasse a tração do Chevrolet Camaro. Apesar de positivo, o resultado não foi esperado:

“O foco nessa alteração do acerto era melhorar as saídas de curva, mas o carro passou a sair muito de frente e ficou  desequilibrado. Mesmo assim ainda foi possível travar uma boa disputa com o Boucenna e o Kunz. Infelizmente, com isso os três pilotos que iam à nossa frente – Guillaume Deflandre, Paul Guiod e Florian Venturi -, se aproveitaram para abrir uns bons sete segundos de vantagem”.

 

Os resultados da oitava etapa da Whelen Euro Nascar Series disputada neste fim de semana em Hockenheim (Alemanha):

Corrida 1, 14/9

Ulysse Delsaux (França), Toyota Camry, 17 voltas em 26’55”340, 139,87 km/h;
Wilfried Boucenna (França), Ford Mustang, a 5”626;
Guillaume Deflandre (Bélgica), Chevrolet Camaro, a 6”970;
Paul Guiod (França), Ford Mustang, a 8”567;
Florian Venturi (França), Ford Mustang), a 10”795;
Felipe Rabello (Brasil), Chevrolet Camaro, a 15”535;
Justin Kunz (Alemanha), Ford Mustang, a 15”786;
Kenko Miura (Japão), Toyota Camry, a 33”720;
Pierluigi Veronesi (Itália), Ford Mustang, a 35”661
Hugo Bec (França), Chevrolet SS, a 36”329.
Corrida 2, 15/9

Guillaume Deflandre (Bélgica), Chevrolet Camaro, 17 voltas em 33’58”296, 110,85 km/h;
Paul Guiod (França), Ford Mustang, a 1”254;
Florian Venturi (França), Ford Mustang), a 1”885;
Felipe Rabello (Brasil), Chevrolet Camaro, a 9”009;
Wilfried Boucenna (França), Ford Mustang, a 11”516;
Jessie Vartiainen (Finlândia), Ford Mustang, a 12”093;
Pierluigi Veronesi (Itália), Ford Mustang, a 15”222;
Justin Kunz (Alemanha), Ford Mustang, a 19”026;
Nicholas Risitano (Itália), Ford Mustang, a 23”903
Gil Linster (Luxemburgo), Chevrolet SS, a 24”244.