Busch supera Allgaier e conquista sua quarta vitória em Indianápolis na Xfinity Series

Kyle Busch venceu mais uma vez na corrida 250 Nascar Xfinity Series de Indiana, no sábado, no Indianapolis Motor Speedway, mas “mais do mesmo” não foi nada fácil.

Busch superou Justin Allgaier por 0,132 segundos durante cinco voltas até o final, na pista de 4,1 quilômetros, mas somente após um acidente violento que envolveu os pilotos Christopher Bell e Tyler Reddick, faltando sete voltas para o final.

Com um carro forte, combinado com sua habilidade inquestionável nas relargadas, Busch assumiu o controle após a relargada final, para vencer pela quarta vez no Brickyard, a quarta vez em sete participações nesta temporada e a 96ª vez em sua carreira, estendendo-se o recorde da série.

Em mais de uma maneira, Busch se beneficiou dos destroços que destruíram Bell e Reddick enquanto eles lutavam pela liderança. Por um lado, eliminou dois dos carros mais fortes da corrida. Por outro lado, colocou Busch na frente, em ar limpo, melhorando bastante a dirigibilidade do nº 18 da Joe Gibbs Racing Toyota Supra.

“Foi realmente difícil passar”, disse Busch no Victory Lane. “Você poderia ultrapassar, mas alguns desses outros caras, como (Bell, Brandon Jones) e os da JGR, eram extremamente rápidos.

Três bandeiras amarelas nas 14 voltas finais condenaram as chances de Allgaier, cujo Chevrolet nº 7 foi montado para longas corridas em bandeira verde.

“Kyle é ótimo, especialmente em relargadas”, disse Allgaier, que liderou três vezes por 24 voltas, metade do total registrado pelo vencedor da corrida. “É isso que o diferencia na Cup Series e aqui na Xfinity.

“Iremos a Las Vegas (para o final da temporada regular) na próxima semana, terminaremos a temporada regular com força e aproveitaremos esse momento nos playoffs.”

Bell e Reddick estavam correndo na frente após uma relargada na volta 93 de 100, mas o Toyota de Bell tocou com o Chevrolet de Reddick na curva 2, enviando os dois carros com força contra o muro externo, eliminando-os da corrida.

Bell terminou em 29º, uma posição à frente de Reddick.

“De todos os meus acidentes na Nascar, este fica com o bolo”, disse Bell depois de visitar o centro de atendimento médico do circuito. Os destroços o privaram da chance de vencer pela sétima vez nesta temporada.

Brandon Jones se recuperou de uma rodada após o contato com o Ford de Austin Cindric na volta 87 para terminar em sexto, uma posição à frente do seis vezes vencedor do campeonato, Cole Custer. Chase Briscoe, Austin Hill e Ryan Sieg completaram o top 10.

Reddick manteve a liderança da série em 50 pontos sobre Bell e pode conquistar o título da temporada regular no próximo sábado, marcando 11 pontos.

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IHEmXnwxu3JDk3pmRviZ7r

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – AUDI apresenta o E-TRON FE06 para a temporada 2019/20 da FÓRMULA E:

 

O que um piloto de Fórmula E faz durante as férias?

 

PORSCHE CUP BRASIL | ETAPA ESTORIL 2019 | MELHORES MOMENTOS:

 

Fórmula E: Como pilotos e equipes se comunicam:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: