Bell abre caminho para vitória em Richmond e avança nos playoffs da Xfinity Series

Ansioso por adicionar um campeonato da Nascar Xfinity Series ao seu currículo, talvez em sua última temporada na categoria, Christopher Bell conquistou uma vitória enfática no Go Bowling 250 da noite de sexta-feira no Richmond Raceway.

Bell liderou as 238 voltas da corrida no nº 20 Joe Gibbs Racing Toyota, vencendo pela sétima vez nesta temporada, pela terceira vez em cinco largadas na pista curta de 12 km, e na 15ª vez em sua carreira na Xfinity Series.

“Aquilo foi muito especial”, disse Bell, que ultrapassou o pole Austin Cindric pela liderança na volta 86 e não foi mais superado. “Fazer 92 voltas logo ali (na corrida final com bandeira verde) foi realmente difícil. Estávamos deslizando por toda parte”.

“Senti que, se pudesse passar pelo trânsito, estaria em boa forma porque meu carro poderia realmente se mover bem. O número 00 (eventual finalista em terceiro lugar, Cole Custer) estava mantendo muita pressão sobre nós, mas foi muito bom.”

Bell terminou 1.7 segundos à frente de Cindric, que passou por Custer na volta 239 de 250 para garantir a segunda posição. O carro de Bell era tão dominante que ele abriu uma vantagem de 7.743 segundos sobre Cindric antes de Vinnie Miller bater na parede da curva 2, trazendo a segunda bandeira amarela na volta 51.

A única pressão que Bell sentiu, veio de Custer, que passou por Cindric pela segunda vez na volta 87 e sombreava o vencedor da corrida no início da etapa final, pressionando muito antes de Bell aumentar sua vantagem no tráfego.

“O 00 poderia meio que fechar um pouco sobre nós no meio da corrida, mas eu estava apenas tentando continuar atingindo minhas marcas, mantendo os pneus traseiros e correndo naquela linha amarela”, disse Bell. “Eu estava ficando nervoso, porque eu estava correndo o máximo que podia sem escorregar nos pneus”.

“Parecia que meu carro podia se movimentar talvez um pouco melhor que o dele, e o trânsito ao redor me ajudou a encontrar um pouco de espaço.”

Cindric marcou seu segundo lugar consecutivo em Richmond, depois de ficar em segundo para Custer na primavera. Ele é o quarto na classificação com uma margem confortável rumo ao Charlotte Roval.

Justin Allgaier terminou em quarto lugar depois de se classificar em segundo e cair para a parte traseira do grid para a largada, devido a uma troca de pneus antes da corrida. Chase Briscoe ficou em quinto lugar, seguido por Harrison Burton, Noah Gragson, Zane Smith, Michael Annett e Tyler Reddick.

Com uma vaga automática na Rodada 12, Bell lidera a classificação do playoff em 18 pontos sobre Custer e Reddick. Brandon Jones (11º), Ryan Sieg (12)º, Justin Haley (17)º e John Hunter Nemechek (15)º, ficaram abaixo do limite para a próxima rodada, com uma corrida de eliminação aparecendo em duas semanas em Dover.

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/F9GwK1YT4yACqHsym6pqu8

 

Inscreva-se em nosso canal no YouTube: https://www.youtube.com/user/f1mania?sub_confirmation=1

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – AUDI apresenta o E-TRON FE06 para a temporada 2019/20 da FÓRMULA E:

 

O que um piloto de Fórmula E faz durante as férias?

 

PORSCHE CUP BRASIL | ETAPA ESTORIL 2019 | MELHORES MOMENTOS:

 

Fórmula E: Como pilotos e equipes se comunicam:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: