Coluna Fala Piloto com Miguel Costa – De volta às corridas na Europa

A temporada 2020 do kartismo internacional começou na semana passada com a abertura do SKUSA Winter Series em Miami e consegui um top-5 entre os 32 pilotos que disputaram a categoria Mini. Antes disso, ainda aproveitei um pouco das férias nos EUA no final de 2019, portanto estou com as baterias recarregadas para os novos desafios.

Após correr no SKUSA, voltei para a rotina de treinos e competições na Europa. O nosso primeiro desafio será em Adria, na Itália, entre os dias 24 e 26 de janeiro. Seguiremos nossa parceria com a equipe Kart Republic e a expectativa é de conseguirmos fazer mais um ano com boas performances e grandes resultados.

Em 2019, justamente minha primeira temporada completa na Europa, consegui ser campeão do Italiano de Kart entre os estreantes. Lembro que nesse campeonato eu venci várias corridas com a pista molhada, então foi bastante especial porque é um tipo de desafio que gosto de enfrentar.

Realmente 2019 foi um ano bem especial e de mudanças na minha carreira. Eu competia nos EUA até 2018, onde fui vice-campeão da ROK Cup em 2016 e 2017 na categoria Micro. Então passei por um processo de adaptação com os karts aqui da Europa. Além do título italiano, também consegui o 5º lugar em Le Mans, na França, entre os 85 pilotos do Mundial ROK.

Estou competindo na classe Mini atualmente e o time da Kart Republic é bastante experiente, já que é comandado pelo preparador Dino Chiesa, que foi fundamental no sucesso do Lewis Hamilton e do Nico Rosberg no kartismo, antes deles seguirem carreira para serem campeões mundiais na F1. Agradeço também ao pessoal da Baked Potato e Participa, que seguem me apoiando na carreira e tenho certeza de que em 2020 nós conseguiremos ainda mais vitórias e conquistas.