Guilherme Peixoto inicia preparativos para a segunda etapa da Fórmula 4 norte-americana

Foram quase dois meses de intervalo desde a primeira etapa, quando Gui Peixoto fez sua estreia na categoria. Brasileiro já está nos EUA e nesta semana intensifica os treinos no simulador para a etapa no Pittsburgh International Race Complex nos dias 22 e 23

O paulista Guilherme Peixoto, de 16 anos, não vê a hora de voltar a acelerar pela Fórmula 4 Norte-americana, categoria na qual estreou este ano após uma vitoriosa carreira no kart. Depois de quase dois meses, desde a primeira etapa, o brasileiro voltará à pista com a equipe DEForce Racing na próxima semana, quando será realizada a segunda rodada tripla no Pittsburgh International Race, na Pensilvânia (EUA).

Será uma semana intensa de trabalho, com dois dias de testes na terça e na quarta-feira (18 e 19), com cinco sessões de 40 minutos em cada um dos dias. Na sexta-feira (21), os pilotos retornam para os treinos oficiais. No sábado (22), acontecem o classificatório e a primeira prova da etapa. As outras duas corridas serão realizadas no domingo (23).

Para chegar bem preparado, Peixoto fará essa semana um intenso trabalho de treino no simulador da All In Sports, em Miami, onde desembarcou nesta terça-feira (11). O brasileiro nunca esteve na pista da Pensilvânia que tem a extensão de 2,8 milhas (aproximadamente 4,5 km) e 19 curvas.

“Serão dois dias de treino na AIS em Miami, para pegar um pouco da pista, pontos de freada, pontos de ultrapassagem e outros detalhes”, explicou Gui Peixoto, que mesmo longe das corridas manteve-se focado na parte física e mental neste intervalo.

“Como tenho um simulador em casa, treinei todos os dias. É uma das maneiras de me manter ativo, quando não estou competindo. Também evolui bastante a parte física, treinando cinco vezes ao longo da semana, indo à academia e também andando de kart”, destacou o jovem piloto.

Na primeira etapa da F-4 Norte-americana, em abril, na pista de Road Atlanta, Guilherme estreou com dois Top-10, marcando pontos, apesar da condição de chuva que tornou o fim de semana bem complicado, especialmente para os estreantes.

“Minha expectativa pra essa próxima etapa é muito boa. Conseguimos analisar detalhadamente os erros da primeira etapa para levar de aprendizado a Pittsburgh. Nós sabemos que temos velocidade, mas pelo fato de ter sido a minha primeira experiencia na chuva, faltou um pouco mais de confiança nas horas das ultrapassagens. Então, vamos trabalhar estes pontos para a próxima etapa”, finalizou o brasileiro.

Mais de 20 pilotos disputam a F-4 Norte-americana em 2019. Gui Peixoto aparece em 12º lugar na classificação geral, com 7 pontos, e é o segundo melhor entre os estreantes.

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/F9GwK1YT4yACqHsym6pqu8

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE BERLIM | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 10ª etapa:

 

Lucas di Grassi comenta VITÓRIA no ePrix de Berlim 2019 – Fórmula E:

 

STOCK CAR 2019 | Goiânia | MELHORES MOMENTOS (4ª e 5ª etapa):

 

WILSINHO FITTIPALDI e seu “ADEUS” para NIKI LAUDA:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: