Sérgio Sette assina com a DAMS para temporada 2019 do Mundial de F2

Piloto irá se revezar entre as corridas da F2 e os testes com a McLaren na F-1

Na manhã desta quarta-feira (28), no circuito de Yas Marina, em Abu-Dhabi, o piloto brasileiro Sérgio Sette Câmara (YOUSE | Banco BMG | MRV | CCR | CEMIG | GASMIG | Usiminas | Americanet) anunciou que disputará a temporada do Mundial de F-2 de 2019 com a equipe francesa DAMS.

Sérgio, que em 2017 competiu pela discreta equipe MP Motorsport (HOL), em 2018 participou do Campeonato com a tradicional equipe inglesa Carlin. Em um ano de estreia de novos carros, motores e eletrônica o piloto de Belo Horizonte conseguiu driblar vários problemas, dentre eles a quebra do pulso na tomada de tempos de Mônaco e, com oito pódios e 164 pontos encerrou a temporada na sexta posição.

Fundado em 1988 o time tem sua sede na cidade de Le Mans, um dos mais tradicionais berços do automobilismo europeu. A DAMS tem uma grande história na antiga GP2 Series, atualmente, Mundial de F2. Chefiado por François Sicard a equipe conquistou o título do Campeonato em 2014, com Jolyon Palmer; 2012, com Davide Valsechi e 2011, com Romain Grosjean. Com uma grande característica de oferecer o último passo na formação de pilotos, do grid de 2018 da F-1 três pilotos passaram pelos carros da DAMS – Grosjean, Kevin Magnussen e Pierre Gasly.

“Estivemos próximos de acertar com a DAMS para 2018, porém, acabou não dando certo. Recentemente a DAMS me procurou novamente e o Sr. François me chamou para conhecer a sede da equipe. Realmente fiquei impressionado com o nível de profissionalismo, principalmente se levarmos em conta que a F2 ainda é uma categoria de formação. Eles tem um histórico de muitas vitórias e títulos na categoria e, após analisar as várias propostas que tivemos para o ano que vem, acredito termos feito a melhor escolha para lutar pelo título”, contou o mineiro de 20 anos.

Na temporada 2018 do Mundial de F2 a DAMS contou com a participação dos pilotos Alexander Albon (TAI) que finalizou em terceiro no Campeonato e disputará o mundial de F1 em 2019 com a equipe Toro Rosso. Além dele competiu com a equipe francesa Nicholas Latiffi (CAN), que seguirá na F2 como companheiro de Sette.

TRABALHO NA NOVA CASA JÁ COMEÇOU

Após o fim da corrida no último domingo Sérgio Sette permaneceu em Abu-Dhabi. Na agenda do piloto neste início de semana estiveram alguns compromissos com a DAMS que foram desde a confecção do novo banco (feito sob medida), bem como a apresentação aos membros e engenheiros da nova equipe.

A partir desta quinta-feira (29), até o próximo sábado (1º), a Fórmula-2 realizará neste mesmo circuito de Yas Marina os testes de pós temporada. Ontem e hoje Sérgio analisou os dados dos carros no último fim de semana e, amanhã, irá para a pista já completamente integrado ao novo time.

“O meu foco profissional em 2019 estará completamente na F-2. Estou me transferindo para mais uma equipe vitoriosa e farei o meu máximo na busca pelo título. O trabalho que irei realizar como piloto de testes junto à McLaren irá melhorar ainda mais o meu desempenho pessoal. Estou certo que poderemos comemorar excelentes resultados no ano que vem”, encerrou entre sorrisos o jovem brasileiro.

 

Veja alguns vídeos do nosso Canal no Youtube. Confira:

 

Volta Guiada da F1Mania no Circuito da Yas Marina, GP de Abu Dhabi:

 

Quem será o próximo brasileiro na F1? Veja o vídeo:

 

O “Off the Grid” é uma série de documentários que aproximam os fãs das estrelas da Fórmula E. Inscreva-se em nosso canal para ver os próximos episódios. No segundo episódio, o português Antonio Felix da Costa. Confira o vídeo: