Haas não vai apressar a decisão sobre Ferrucci

O piloto júnior da Haas, Santino Ferrucci, enfrenta uma espera tensa sobre seu futuro com a equipe.

Ferrucci está preocupado com a sequência para a Fórmula 1, após sua demissão da equipe Trident de F2.

Ele foi julgado culpado por ter colidido deliberadamente com seu companheiro de equipe, Arjun Maini, na volta de retorno ao box em Silverstone e também foi penalizado por dirigir com apenas uma luva e segurando seu telefone dentro do paddock.

Haas ficou quieto inicialmente após a demissão na Trident, mas insistiu que eles têm coisas mais importantes para focar no momento, então eles não vão apressar a decisão.

“A equipe Haas F1continua empenhada em reunir todos os fatos e ter conversas pessoais com todas as pessoas envolvidas na situação”, disse Haas em um comunicado ao site Autosport.com.

“Estamos sendo diligentes, mas nossa prioridade são as duas últimas corridas antes do término do verão”.

“Embora queremos ter uma melhor compreensão de tudo o que aconteceu, não estamos com pressa porque os Grands Prix da Alemanha e da Hungria são, francamente, mais importantes.”

De acordo com a Autosport, a Trident considerou dois pilotos para substituir Ferrucci antes da próxima corrida F2, no final de julho, na Hungria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *