Fortec desiste de inscrição para a temporada 2018 da Fórmula 2

Richard Dutton, chefe da Fortec Motorsport, diz que a decisão de não participar do campeonato de Fórmula 2 em 2018 deve-se principalmente à falta de pilotos adequados. A equipe britânica já havia garantido o acesso à categoria, mas anunciou há mais de duas semanas que o plano foi suspenso depois de uma avaliação conjunta com o chefe da F2, Bruno Michel.

“Nós decidimos esperar mais um ano”, disse Dutton em conversa com o site norte-americano ‘Motorsport.com’. “Isso não significa que nos abstenhamos, só que não vamos fazê-lo em 2018 porque os pilotos com que trabalhamos vão correr na América e não querem vir para a Europa este ano”.

Nesse caso, Dutton diz que ele prefere qualidade do que uma participação rápida. “Nós não queremos fazer isso sem coração, queremos ser fortes desde o início, e se acharmos que ainda não somos fortes, preferimos esperar mais um ano”, explica o chefe da Fortec. De acordo com ele, isso não foi muito devido à falta de membros da equipe, mas sim quanto aos pilotos disponíveis.

“Nós já reunimos as pessoas certas para trabalhar, e ainda não temos os pilotos desejados com os orçamentos desejados”, diz Dutton. Quando questionado se sua equipe estava perto do acordo com alguns pilotos, ele respondeu: “Sim, nós estávamos, na verdade, chegamos perto de contratar dois pilotos muito bons, mas isso não aconteceu no final”.