Juri Vips conquista a pole-position para o GP de Macau da F3

Jüri Vips conquistou uma espetacular pole-position para a Prova Classificatória do Grande Prêmio de Macau de Fórmula 3 Suncity Grupo – Taça do Mundo de F3 da FIA.

O estoniano esteve na luta pela pole-position ao longo da sessão, um dos muitos pilotos que tiveram o prazer de passar pelo topo da tabela de tempos na primeira metade da segunda sessão de qualificação.

No entanto, foi apenas depois de uma interrupção para recuperar o carro despistado de Marcus Armstrong que Vips realmente mostrou o seu ritmo, descendo dos dois minutos e cinco segundos com uma volta em 2m04,99s – cinco segundos mais rápido que a marca da pole-position do ano passado – quando faltavam ainda sete minutos para o final da sessão.

Muito embora esta marca o tenha deixado com uma margem de seis décimos de segundo para os seus concorrentes, a diferença foi rapidamente reduzida para apenas quatro décimos por Robert Shwartzman. No entanto, o russo não conseguiu aproximar-se mais, uma bandeira vermelha nos momentos finais provocada por Yuki Tsunoda confirmou Vips como o “pole” para a Prova Classificatória de 2019.

Callum Illot alinhará para a Prova Classificatória do terceiro lugar, o britânico foi impressionante na sua estreia na F3 da FIA.

A maior parte dos dez primeiros entrou na marca de dois minutos e cinco segundos, com Christian Lundgaard, Richard Verschoor, Jake Hughes, Frederik Vesti e Arjun Maini ocupando, nesta ordem, as posições de quarto a oitavo.

Armstrong, por sua vez, largará de nono, apesar de terminar a sessão com um despiste quando ainda faltavam vinte minutos. A tarde do neozelandês começou com um ligeiro toque no Ramal dos Mouros na sua volta lançada inicial, o que obrigou a algumas reparações antes de poder realizar uma volta representativa.

Depois, tornou-se no primeiro piloto entrar no segundo “cinco”, com um tempo de 2m05,95s, tendo posteriormente acertado os muros de proteção da Polícia, na sua volta lançada seguinte.

A bandeira vermelha precipitada por Armstrong foi uma boa notícia para Dan Ticktum, uma vez que os mecânicos da Carlin Buzz Racing continuavam a reparar o seu carro depois do seu acidente com David Beckmann. Durante as quatro horas entre as sessões, a equipe mudou o motor, a caixa de câmbio, a asa traseira e muito mais, tendo a interrupção da qualificação criado o tempo suficiente para que o britânico pudesse entrar em pista. Apesar de realizar apenas oito voltas, conseguiu qualificar-se no 13º lugar.

Beckmann viveu uma situação semelhante, tendo o alemão completado apenas cinco voltas, o que o deixou no 24º lugar.

 

Quer assistir ao vivo às corridas da Indy, Fórmula 2, Fórmula 3 e Superbike? Acesse http://f1mania.vc/4K e experimente grátis por 1 mês!

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/BQtadYchtfv68j9KFJoV3M

 

Inscreva-se em nosso canal no YouTube: https://www.youtube.com/user/f1mania?sub_confirmation=1

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Victor Berto comenta a quinta-feira do GP do Brasil F1 2019:

 

STOCK CAR 2019 | VELO CITTÀ – 10ª etapa | MELHORES MOMENTOS (Corrida 1 e 2):

 

Visitamos o DAYTONA INTERNATIONAL SPEEDWAY | FÉRIAS F1MANIA:

 

KART ELÉTRICO, FUTEBOL E FÓRMULA E | FELIPE MASSA comenta durante entrevista em São Paulo:

 

HEINEKEN: #OBRIGADOSENNA, filme exalta poder de união do ídolo brasileiro AYRTON SENNA: