Testes da F3: Shwartzman é o mais rápido no último dia em Budapeste

Robert Shwartzman foi o mais rápido no segundo dia dos testes finais da pré-temporada da Fórmula 3 em Budapeste, Hungria. O russo definiu o melhor tempo na sessão da manhã, cravando 1:30.746s. O melhor tempo dos testes em Budapeste até agora. Christian Lundgaard, da ART Grand Prix, e o companheiro de Shwartzman na Prema, Jehan Daruvala, completaram os três melhores do dia.

Assim que os 30 carros entraram para o segundo dia de testes no Hungaroring, eles tiveram que retornar aos boxes. Andreas Estner tinha parado na curva 9, resultando em uma bandeira vermelha poucos minutos depois do início da sessão. Os pilotos rapidamente voltaram à pista e Juri Vips não perdeu tempo em marcar o ritmo inicial de 1:32.002s.

Leonardo Pulcini então tomou a liderança de Vips com meio hora de sessão, quando os carros entraram abaixo dos 1m32s. Com isso, a Prema, a Carlin, a Campos, a Jenzer e a ART trocaram para novos pneus slicks, o que poderia significar uma simulação de qualificação.

Shwartzman então subiu para o topo da tabela de tempos. Yuki Tsunoda, David Beckmann e Jake Hughes estavam todos em disputa pela segunda posição, mas ninguém conseguiu melhorar a velocidade do russo da Prema, antes da bandeira vermelha na metade da sessão forçar os carros de volta ao pitlane, com Alex Peroni estacionado na curva 10.

A barreira dos 1m31s foi quebrada pela primeira vez no teste de Budapeste deste ano, quando eles recomeçaram, com Christian Lundgaard marcou o melhor tempo de 1:30.940s. Shwartzman rapidamente recuperou o primeiro lugar quando a sessão caminhava para a volta final, batendo a volta de Lundgaard por 0,194s.

Daruvala e Marcus Armstrong, também da Prema, terminaram na P3 e P4, respectivamente. Tsunoda, Beckmann, Hughes, Raoul Hyman, Liam Lawson e Max Fewtrell completaram os dez primeiros.

Os brasileiros: Pedro Piquet (Trident) fez 1:31.503 na 17ª posição; Felipe Drugovich (Carlin) marcou 1:31.704s em 23º.

Tsunoda era o primeiro na pista quando os testes recomeçaram após o intervalo do almoço, marcando 1:32.177s, com a temperatura em Hungaroring perto dos 18ºC.

Várias bandeiras vermelhas marcaram a sessão da tarde. Sebastian Fernandez parou na entrada dos boxes e Pulcini na curva 2. Depois disso, a Jenzer Motorsport continuou seu domínio a tarde e tinha seus três pilotos entre os três primeiros colocados.

Tsunoda liderou os companheiros de equipe Artem Petrov e Estner, enquanto muitas das equipes se concentravam na soma volta de voltas.

Houve pouca mudança na tabela de tempos antes de uma bandeira vermelha trazida por Juri Vips, quando parou na curva 11.

Com menos de 15 minutos para o fim da sessão, Drugovich e Shwartzman chegaram ao top 3, atrás de Tsunoda. Petrov, Hughes, Vips, Piquet, Hyman, Bent Viscaal e Niko Kari foram os 10 melhores.

Isso conclui os testes finais da pré-temporada da Fórmula 3, e os pilotos e equipes agora já se concentraram no primeiro final de semana de corridas da temporada, em Barcelona, entre 10 e 12 de maio.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Resumão do fim de semana do GP 1000 de Fórmula 1:

 

ePRIX DE ROMA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 7ª etapa

 

ePRIX DE ROMA – Lucas di Grassi fala sobre sua corrida e os bons pontos somados no Mundial

 

‘GAME OF ROMES’ – Fórmula E lança vídeo baseado na série de sucesso GAME OF THRONES

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: