Felipe Drugovich disputa a 4ª etapa da Fórmula 3 FIA em Silverstone

Piloto brasileiro define a lendária pista inglesa como uma de suas favoritas

Penúltimo passo dos pilotos em direção à Fórmula 1, o Campeonato de Fórmula 3 FIA chega neste final de semana (12 a 14 de julho) ao lendário Circuito de Silverstone, na Inglaterra, para a disputa de sua quarta rodada dupla da temporada. E, competindo praticamente “em casa”, o brasileiro Felipe Drugovich quer confirmar a evolução que seu carro mostrou nas três primeiras etapas do ano, na Espanha, França e Áustria.

“Silverstone é basicamente a casa da minha equipe, a Carlin Buzz Racing. Eles conhecem bem a pista e acho que isso será um fator importante para nosso sucesso no próximo final de semana”, aposta Felipe Drugovich, 19 anos, cuja equipe tem sua base em Farnham, a cerca de 150 quilômetros do lendário autódromo.

Felipe Drugovich define Silverstone como uma de suas pistas favoritas e tem boas recordações do traçado inglês. No ano passado, quando se sagrou campeão do Euroformula 3 Open com 14 vitórias em 16 corridas, o paranaense de Maringá teve bom desempenho em Silverstone, conquistando uma pole position e vencendo uma corrida.

“Gosto muito de Silverstone. É uma pista longa, com curvas muito rápidas, em que o acerto aerodinâmico e, claro, o motor, são fatores essenciais”, resume Drugovich. “Nosso carro vem se comportando de forma positiva, está rápido e acho que temos ótimas chances de comemorarmos dois belos resultados”, diz o piloto, que ‘cravou’ a volta mais rápida na primeira prova da rodada de Paul Ricard, na França, no final de junho.

Nesta quarta rodada, que marcará o encerramento da primeira metade do Campeonato de Fórmula 3 FIA, os pilotos e equipes competirão com pneus Pirelli de composto duro, outro fator de suma importância para o acerto do carro de Felipe Drugovich.

“Em nossos testes de pré-temporada o pneu duro não era nossa melhor opção, mas corremos com este composto em outras etapas e o carro se comportou bem”, lembra Felipe Drugovich. “Enfim, é mais um fator que teremos que trabalhar nos treinos, já que ainda não andamos em Silverstone este ano”, completa o piloto, que participou de três séries de testes coletivos no início da temporada, na França, Espanha e Hungria.

Felipe Drugovich compete com apoio de Drugovich Auto Peças, que atua no ramo de peças para caminhões e ônibus.