Corrida tensa em Charlotte na Extreme Nascar Series tem vitória de Romar Arns

Corrida tensa em Charlotte na Extreme Nascar Series tem vitória de Romar Arns

A Extreme Nascar Series em Charlotte teve sua prova mais conturbada do ano, com direito a ‘big one’ e cinco bandeiras amarelas, que resultaram em 58 voltas e o limite de 50 minutos de tempo, onde Romar Arns (Escuderia Sul-Brasil) faturou a vitória, nesta quarta-feira (16) no F1 Brasil Clube.

A classificação mostrou um ‘Top 5’ com novidades: apesar de Romar Arns e Fernando Horta marcarem a primeira fila, Geovani Prechesniuki embalou seu retorno à competição com o terceiro posto, enquanto Marcelo Fernandes e Alysson Pereira colocaram a Bravus e a Countdown no páreo. Confira a ordem completa a seguir.

Classificação
1 Romar Arns (Escuderia Sul-Brasil), 30.244
2 Fernando Horta (RTWP Grip Racing), 30.264
3 Geovani Prechesniuki (GP Motorsport), 30.275
4 Marcelo Fernandes (Bravus eMotorsport), 30.290
5 Alysson Pereira (Countdown Racing 3), 30.304
6 Leandro Moreira (Countdown Racing 2), 30.307
7 Rafael Hubie (Bravus eMotorsport), 30.324
8 Rodrigo Franzoni (RTWP Grip Racing), 30.369
9 Endrigo de Castro (Countdown Racing), 30.373
10 Filipe Salvino (Dellavecchia e-Sports), 30.403
11 Mauricio Alves (Countdown Racing 3), 30.408
12 Jairo Costa (Aguiatech SimXperience), 30.412
13 Renato Chiara (Overmind Racing), 30.438
14 Cristiano Cangani (Countdown Racing), 30.509
15 Joao Junior (Team Brasil Racing), 30.547
16 Ricardo Bizotto (Aguiatech SimXperience), 30.552
17 Juliano Flores (RTWP Grip Racing), 30.572
18 Daniel Paulo (RTWP Grip Racing 2), 30.594
19 Fernando Estrela (Aguiatech SimXperience), 30.656
20 Luiz Marzo (Bravus eMotorsport 2), 30.810
21 Alexandre Eduardo (Independente), 30.827
22 Paulo Cezar Vilas Boas (Independente), sem tempo
23 Allan Botelho (Countdown Racing 2), sem tempo
24 Josias Neto (Team Brasil Racing), sem tempo
25 Eduardo Bomfim (Independente), sem tempo

A prova teve alguns momentos iniciais mais tensos. Primeiro um ‘big one’ como há tempos não era visto foi capaz de tirar da prova Rodrigo Franzoni, Cristiano Cangani, João Junior e Jairo Costa, enquanto vários outros passaram a lutar contra o cronômetro de reparos nos boxes.

Outras complicações se deram com as relargadas algumas vezes com pilotos optando por não parar nos boxes e relargando de pneus mais gastos e menos experiência neste procedimento, gerando lentidão e alguns enroscos.

Há de se ressaltar que a competição abriga experientes e novatos e deve se dar crédito aos pilotos. Procedimentos como disputas em linhas internas, ultrapassagens sobre retardatários, e relargadas com fila dupla compacta devem ser abordados nos briefings em busca de maior entrosamento entre os pilotos da competição.

Mesmo com muitos abandonos e interrupções, os representantes da Nascar no F1BC foram guerreiros. Romar Arns superou Alysson Pereira para vencer em Charlotte, enquanto Geovani Prechesniuki faturou um surpreendente pódio, ao final precisando se defender dos ataques de Allan Botelho e Ricardo Bizotto, que marcaram o ‘Top 5’.

A próxima etapa da Extreme Nascar Series será no dia 30/10, no circuito virtual de Michigan, a partir das 20h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no canal do F1BC no YouTube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

Final, 50 minutos
1 Romar Arns (Escuderia Sul-Brasil), 58 voltas
2 Alysson Pereira (Countdown Racing 3), -1.731
3 Geovani Prechesniuki (GP Motorsport), -4.248
4 Allan Botelho (Countdown Racing 2), -4.407
5 Ricardo Bizotto (Aguiatech SimXperience), -5.664
6 Endrigo de Castro (Countdown Racing), -7.389
7 Paulo Cezar Vilas Boas (Independente), -16.321
8 Josias Neto (Team Brasil Racing), -29.155
9 Leandro Moreira (Countdown Racing 2), -2 L
10 Alexandre Eduardo (Independente), -11 L
11 Mauricio Alves (Countdown Racing 3), -16 L
12 Daniel Paulo (RTWP Grip Racing 2), -17 L (DNF)
13 Fernando Horta (RTWP Grip Racing), -24 L (DNF)
14 Marcelo Fernandes (Bravus eMotorsport), -27 L (DNF)
15 Eduardo Bomfim (Independente), -27 L (DNF)
16 Filipe Salvino (Dellavecchia e-Sports), -27 L (DNF)
17 Luiz Marzo (Bravus eMotorsport 2), -27 L (DNF)
18 Fernando Estrela (Aguiatech SimXperience), -31 L (DNF)
19 Rafael Hubie (Bravus eMotorsport), -34 L (DNF)
20 Juliano Flores (RTWP Grip Racing), -34 L (DNF)
21 Cristiano Cangani (Countdown Racing), -49 L (DNF)
22 Joao Junior (Team Brasil Racing), -54 L (DNF)
23 Rodrigo Franzoni (RTWP Grip Racing), -54 L (DNF)
24 Renato Chiara (Overmind Racing), -57 L (DNF)
25 Jairo Costa (Aguiatech SimXperience), -48 L (DNF) [LP]
Volta mais rápída: Fernando Horta, 30.310

Pontos Bônus
Romar Arns +1 pela pole position
Romar Arns +1 por liderar mais voltas

Race Control
Incidente entre Jairo Costa e Filipe Salvino – Nenhuma ação tomada.[1]
Jairo Costa, Last Position – Incidente com prejuízos múltiplos (7.7.6) [+5 Licença][4]
Daniel Paulo, End Of Line – Incidente com prejuízos leves (7.7.2) [+2 Licença][9]
Incidente entre Juliano Flores e Leandro Moreira – Nenhuma ação tomada.[25]
Incidente entre Marcelo Fernandes e Fernando Horta – Nenhuma ação tomada.[32]
Fernando Estrela, Alerta – Erro no procedimento de largada com prejuízos mínimos (7.3.1) [+1 Licença][37]

Pontos nas Licenças
Jairo Costa +6
Daniel Paulo +2
Fernando Estrela +1

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A TEMPORADA 2019/3

As inscrições para a temporada 2019/3 do F1 Brasil Clube já estão abertas. Acesse www.f1bc.com/inscricoes, escolha os seus campeonatos favoritos e faça a sua inscrição. O clube logo entrará em contato para confirmar sua participação.

O F1BC tem o patrocínio de Abacom Compressores, Adelante Sports, Aguiatech, Aliança Assessoria Contra Incêndio, Chiara Custom Guitar, Extreme SimRacing, Fanatic Brazil, Fast Lap Kart Indoor, Got It English, M7Help, Planet Games, RTWP Hosting, SpeedZone, TimãoWeb, Canal Time Attack, Walltime, e o apoio de F1 Brasil, F1 Mania, NRT Servers, iRacing, Reiza Studios, Kunos Simulazioni, Studio 397, SimSync, GridKart Brasil e Canal Sim-Force.