CBA deu R$ 780 mil a parente de seu presidente

Em matéria publicada pela Folha de S.Paulo, revela o esquema que beneficiou empresa da cunhada de Cleyton Pinteiro, presidente da entidade.

A Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), mais uma vez foi alvo de manchete nesta terça-feira (14). Em uma matéria publicada pelo jornal ‘Folha de S.Paulo’, revelou que a entidade pagou até R$ 780 mil para a empresa da cunhada de Cleyton Pinteiro, presidente da CBA.

A Nailda Rodrigues Lima Produção e Promoção de Eventos Desportivos, foi criada em 2011, pela Nailda Rodrigues Lima, cunhada de Pinteiro e no mesmo ano já virou prestadora de serviços da entidade, com o nome fantasia de NR Lima Racing.

A sede do estabelecimento ficava em uma residência simples de Recife, local de refúgio do presidente da CBA. De 2011 até 2015 a NR Lima Racing recebeu mensalmente um valor de R$ 14 mil, para promover e elaborar eventos para a entidade.

Segundo a reportagem, o conselho fiscal da CBA nunca chegou a fazer objeções ao pagamento. A empresa encerrou suas atividades em 2015, após receber 56 pagamentos da confederação.

Cleyton Pinteiro foi procurado pela reportagem da ‘Folha’, o qual não quis se pronunciar. Pinteiro ficará como presidente da CBA até março e dará lugar a Waldner Bernardo, que venceu as eleições, realizada em janeiro deste ano.

O diretor financeiro da CBA, Sérgio Dias, disse que a Confederação não pode dar detalhes sobre a contratação e os serviços prestados pela NR Lima Racing, dando como justificativa que não houve tempo hábil de reaver os documentos, que fica sob guarda de uma empresa terceirizada.

Nailda Rodrigues não respondeu os contatos da reportagem da Folha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *