Organizadores da MotoE revelam a causa do incêndio em Jerez

Os organizadores da Copa do Mundo de MotoE, divulgaram o que acreditam ser a causa do incêndio que destruiu todas as 18 motos, após o primeiro dia de teste em Jerez.

A Dorna, detentora dos direitos comerciais da MotoGP, já havia informado que não havia carga de motos no momento da ignição do fogo.

Eles anunciaram agora, descobertas preliminares de que foi um curto-circuito na bateria de alta densidade, que é usada para carregar as motos.

“Apesar de estarmos aguardando a conclusão oficial da investigação pela polícia local, a evidência inicial sobre a causa do incêndio no paddock E da Copa do Mundo da FIM Enel MotoE no Circuito de Jerez-Angel Nieto, em 14 de março, parece apontar para um curto-circuito como a principal causa do incidente”, começou uma declaração da Dorna.

“A fonte do curto-circuito ainda não foi identificada, mas, quando o incêndio começou, atingiu a bateria de alta densidade, que faz parte do carregador de alto desempenho usado nos eventos da MotoE”.

“As motos não estavam conectadas à infraestrutura de carga, no momento em que o incêndio começou”, concluiu.

A temporada de 2019 ainda está programada para acontecer, apesar de um calendário modificado que ainda não foi confirmado.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE HONG KONG | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 5ª etapa

 

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

 

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: