Toba consegue uma primeira vitória histórica

Kaito Toba conquistou uma primeira vitória histórica na Moto3 no GP do Qatar, depois de arrebatar a vitória de Lorenzo Dalla Porta, na linha de chegada por 0,053 segundos.

Toba foi um dos fatores na primeira batalha da corrida de abertura na temporada, e torna-se no primeiro piloto japonês a vencer uma corrida da Moto3, e o primeiro na categoria leve desde Tomoyoshi Koyama em 2007.

O pole Aron Canet brigou em sua Max Racing KTM, liderando Dalla Porta e Tony Arbolino, da Leopard, enquanto seu companheiro de equipe Romano Fenati caiu para o 17º lugar, tendo que evitar uma colisão na curva 2.

Fenati progrediu nos estágios de abertura e logo chegou ao top 10, enquanto Toba empunhou sua Team Asia Honda à frente de Dalla Porta, para assumir a liderança na sexta volta.

Toba revidou um ataque do piloto da Leopard na próxima volta, antes de Niccolo Antonelli chegar na liderança da sua Honda SIC58 na nona volta.

Fenati conseguiu escalar o pelotão, mas foi superado e ficando na quinta posição, nesta altura da prova.

Com quatro voltas restantes, Dalla Porta liderou o grid, enquanto Fenati recebeu um aviso de ultrapassar o limite de pista. No entanto, ele interpretou mal a mensagem e levou uma penalidade de volta, que o deixou em 13º.

Marcos Ramirez, cruzou a linha para iniciar a volta 16, mas o companheiro de equipe Dalla Porta voltaria para a frente na penúltima volta, e começaria a última volta por lá.

Toba avançou na curva 1, com Dalla Porta a devolver o favor na Curva 11. Isto provou ser decisivo, já que Toba foi capaz de utilizar o vácuo do piloto da Leopard, na linha para vencer.

Canet manteve os dois primeiros em vista para completar o pódio na estreia da equipe de propriedade de Max Biaggi. Ramirez superou Celestino Vietti, do Sky VR46, em quarto, com Albert Arenas, do Nieto, completando o sexto lugar.

Raul Fernandez (Nieto) foi o sétimo em sua estréia como piloto titular, com Antonelli, Fenati e Jakub Kornfeil (Prustel GP), preenchendo o top 10.

Os pontos restantes foram para o companheiro de equipe de Toba, Ai Ogura, o piloto da EG 0,0 Alonso Lopez, John McPhee da Sepang Racing, Andrea Migno da Bester Capital Dubai e Gabriel Rodrigo (Gresini).

O estreante britânico Tom Booth-Amos se envolveu em uma batida na primeira volta com os lesionados Jaume Masia (BCD), Ayumu Sasak, do SRT, e Makar Yurchenko (Skull Rider).

Dennis Foggia (Sky VR46), Kazuki Masaki (Skull Rider) e SIC58 Tatsuki Suzuki também tiveram uma colisão na curva 6.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DA CIDADE DO MÉXICO | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 4ª etapa

 

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

 

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: