Dalla Porta consegue a vitória e garante o título no GP da Austrália

Lorenzo Dalla Porta comemorou a conquista do título na Moto3 em grande estilo, com uma vitória difícil no disputado Grande Prêmio da Austrália.

O piloto da Leopard se tornou o primeiro campeão italiano na categoria, desde Andrea Dovizioso que conquistou o título em 2004, em uma corrida agressiva, que viu a liderança mudar de mãos continuamente, muitas vezes mais de uma vez na mesma volta.

Dalla Porta teve a velocidade para escapar na frente, toda vez que o grid alcançava a reta, e conseguiu terminar em primeiro lugar, com a vitória garantindo o título, depois de um erro de seu principal rival, Aron Canet, que foi para a brita no início da corrida.

Seu companheiro de equipe, o pole, Marcos Ramirez, terminou apenas 0,077s atrás de Dalla Porta.

Albert Arenas (Gaviota Angel Nieto Team KTM) ficou em terceiro lugar, e Tatsuki Suzuki (SIC58 Squadra Corse), não alcançou o pódio, ficando em quarto lugar.

John McPhee (Petronas Sprinta Racing) que chegou a disputar a vitória, acabou perdendo várias posições e terminou em quinto.

Darryn Binder sobreviveu ao contato que teve com Ricardo Rossi no início da corrida, que obrigou o italiano a abandonar a prova, e conseguiu garantira a sexta posição.

O sétimo ficou com Ayumu Sasaki depois de uma recuperação impressionante, pois ele havia largado em 28º no grid.

Tom Booth-Amos (CIP Green Power) finalmente teve a chance de brilhar, depois de passar para o Q2 pela primeira vez, o britânico teve uma troca de motor, andou bem no grupo, evitou problemas e conseguiu o oitavo lugar na final corrida, sendo o seu melhor resultado desde que entrou para a Moto3.

Ele ultrapassou o ex-líder Tony Arbolino, que terminou em nono na VNE Snipers e Stefano Nepa, que ficouem décimo com a Reale Avintia Arizona 77.

Dennis Foggia (Sky Racing Team VR46) foi o próximo a ver a bandeira quadriculada na décima primeira posição, logo à frente de Romano Fenati, que ficou em décimo segundo.

Alonso Lopez recebeu uma penalidade por seu contato com Filip Salac, que tirou o piloto tcheco da corrida, mas mesmo assim, o piloto da Estrella Galicia 0,0 cumpriu a penalidade e conseguiu terminar nos pontos em 13º.

Os restantes pontos foram para Ai Ogura (Honda Team Asia) em 14º e Jakub Kornfeil (Redox PruestelGP) em 15º.

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/HCe0RomLk5a0es06X99dHI

 

Inscreva-se em nosso canal no YouTube: https://www.youtube.com/user/f1mania?sub_confirmation=1

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – 12º no geral, Felipe Massa comenta os testes da pré-temporada FÓRMULA E 2019/2020 realizado em Valência:

 

Lucas Di Grassi comenta os testes da pré-temporada 2019/2020 da Fórmula E

 

EXTREME E revela área da Amazônia, no Brasil, onde acontecerá etapa da categoria:

 

AUDI apresenta o E-TRON FE06 para a temporada 2019/20 da FÓRMULA E:

 

O que um piloto de Fórmula E faz durante as férias?

 

PORSCHE CUP BRASIL | ETAPA ESTORIL 2019 | MELHORES MOMENTOS:

 

Dirigimos LAMBORGHINI, MCLAREN e MERCEDES em Las Vegas: