Manzi pronto para perdoar Fenati pelo incidente em Misano

Stefano Manzi disse que está pronto para perdoar Romano Fenati, da Moto2, por ter acionado a sua alavanca de freio, num ato de retaliação, durante o Grande Prêmio de San Marino.

Manzi, da Forward Racing, e Fenati, se tocaram na curva Carro, enquanto lutavam por pontos nos últimos estágios da corrida, com ambos sendo forçados a sair da pista.

Momentos depois, Fenati emparelhou ao lado de Manzi, na curva 7, quando alcançou e acionou a alavanca de freio de Manzi, uma atitude que provocou a bandeira preta para ele, enquanto Manzi caiu duas curvas depois.

A FIM, inicialmente deu a Fenati uma proibição de duas corridas pelo incidente, antes que a Marinelli Snipers Team anunciasse que havia rescindido seu contrato com Fenati, imediatamente.

Na segunda-feira seguinte, a Forward e a MV Agusta confirmaram que também cancelaram seu contrato com Fenati para 2019, enquanto o italiano lançou um pedido de desculpas pelo incidente “vergonhoso”.

“Sim, estou pronto para perdoá-lo”, disse Manzi na TV italiana. “Nós deixamos o tempo seguir seu curso, deixamos as coisas se acalmarem e então um dia, sim”.

“Eu não o processei e nem me mexi para fazê-lo. Eu quero virar a página e seguir em frente. Foi um gesto ruim, mas não foi malicioso.”

Manzi foi punido com a perda de seis posições no grid de largada para o Grande Prêmio de Aragon deste fim de semana, por causar a colisão que levou à explosão de Fenati.

Fenati, desde então, teve sua licença de corrida suspensa pela federação nacional italiana e comparecerá perante a FIM na Suíça, para explicar o incidente.

O italiano fez vários comentários para a imprensa desde o fim de semana de Misano, afirmando que ele iria se afastar das corridas, antes de admitir à Gazzetta dello Sport, que ele poderia “dizer uma coisa hoje, e talvez amanhã eu veja as coisas de uma maneira diferente”.

O antigo rival de Fenati na Moto3, Joan Mir, já comprometido com a Suzuki MotoGP, divulgou uma declaração em seu Instagram, mostrando sua admiração pelo italiano, e instando-o a corrigir os “impulsos que o traíram”.

“No ano passado, você foi um grande rival e me levou ao limite durante toda a temporada, tivemos uma tonelada de batalhas, mas você sempre agiu como um grande piloto e esportista na pista”, disse o atual campeão da Moto3.

“Fomos juntos ao pódio muitas vezes e vejo que você é nobre, não só quando vence, mas também na derrota. Eu acho que você é uma ótima pessoa”.

“Não desista e lute pelo seu futuro como piloto. Todo mundo merece uma segunda chance e até uma terceira”.

“Trabalhe para corrigir esses impulsos que te traem às vezes, e volte para a pista como o grande piloto que você é. Temos mil batalhas para lutar”.

A equipe Marinelli Snipers da Moto2, confirmou nesta semana que Xavi Cardelus substituirá Fenati pelo restante da temporada 2018.