Lorenzo Baldassarri vence corrida da Moto2 marcada por forte acidente na Espanha

Lorenzo Baldassarri resistiu aos ataques de Jorge Navarro para vencer o encurtado Grande Prêmio da Espanha da Moto2, enquanto Augusto Fernandez garantiu seu primeiro pódio na série.

A corrida foi interrompida na volta de abertura quando um acidente de Remy Gardner provocou a batida de vários pilotos nas duas primeiras curvas.

Gardner saiu na primeira curva, com Alex Marquez, da Marc VDS, não conseguindo desviar do piloto da SAG. Dimas Ekky Pratama, da Team Asia, também acertou a moto de Gardner e acabou levando Marco Bezzecchi, da Tech3, junto na segunda curva.

Pratama e Gardner foram levados ao centro médico, enquanto a Marc VDS não conseguiu arrumar a moto de Marquez.

Fernandez subiu para P1 largando da terceira posição, com seu companheiro de equipe, Baldassarri, logo atrás. Ele então abriu meio segundo de vantagem sobre Baldassarri no final da primeira volta e manteve essa diferença nas voltas seguintes. Ele logo aumentou o ritmo e trouxe junto seu companheiro de equipe antes da bandeira vermelha ser agitada pelo acidente na 1ª volta.

Fernandez manteve Baldassarri atrás na relargada, mas um pequeno erro durante a primeira curva deu ao seu companheiro um espaço para respirar e fazer a ultrapassagem, enquanto Navarro se aproximava.

Navarro, que passou Tom Luthi, da Intact GP, na oitava volta, e estava 1,2s atrás do líder na 11ª volta na P2, e tomou a segunda posição três voltas depois.

Com espaço, Navarro tentava se aproximar de Baldassarri, que tinha oito décimos de vantagem quando começou a última volta, mas não se aproximou o suficiente para tentar uma manobra.

Baldassarri manteve a vantagem, superando Navarro por 0,359s na bandeira quadriculada para garantir sua terceira vitória no ano e estabelecer uma vantagem de 17 pontos com campeonato.

Fernandez ficou 0,732s atrás, em seu primeiro pódio na Moto2, enquanto Luthi e Brad Binder completaram o top 5.

Xavi Vierge recebeu a bandeirada na sexta posição com sua Marc VDS Kalex.

Tetsuta Nagashima foi obrigado a largar dos boxes depois de problemas em sua moto, terminando na sétima posição.

Luca Marini foi o oitavo colocado, enquanto Nicolo Bulega e Iker Lecuona completaram os 10 melhores.

Confira o resultado final da Moto2 na Espanha:

1) L.Baldassarri (Kalex/Triumph)
2) Jorge Navarro (Speed Up/Triumph)
3) A.Fernández (Kalex/Triumph)
4) Thomas Lüthi (Kalex/Triumph)
5) Brad Binder (KTM/Triumph)
6) Xavi Vierge (Kalex/Triumph)
7) T.Nagashima (Kalex/Triumph)
8) Luca Marini (Kalex/Triumph)
9) Nicolò Bulega (Kalex/Triumph)
10) Iker Lecuona (KTM/Triumph)
11) Enea Bastianini (Kalex/Triumph)
12) F.Di Giannantonio (Speed Up/Triumph)
13) D.Aegerter (MV Agusta/Triumph)
14) Andrea Locatelli (Kalex/Triumph)
15) Marcel Schrötter (Kalex/Triumph)
16) Bo Bendsneyder (NTS/Triumph)
17) Somkiat Chantra (Kalex/Triumph)
18) Steven Odendaal (NTS/Triumph)
19) Lukas Tulovic (KTM/Triumph)
20) Joe Roberts (KTM/Triumph)
21) Stefano Manzi (MV Agusta/Triumph)
22) Marco Bezzecchi (KTM/Triumph)
23) Philipp Öttl (KTM/Triumph)
24) Álex Márquez (Kalex/Triumph)
25) Xavier Cardelús (KTM/Triumph)
26) Jorge Martín (KTM/Triumph)
27) Sam Lowes (Kalex/Triumph)
28) Mattia Pasini (KTM/Triumph)
29) Simone Corsi (Kalex/Triumph)
30) Remy Gardner (Kalex/Triumph)
31) D.E.Pratama (Kalex/Triumph)
32) K.I.Pawi (Kalex/Triumph)

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE PARIS | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 8ª etapa:

 

ePRIX DE PARIS – Lucas di Grassi fala sobre sua corrida e a sua quarta posição

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: