Fernandez garante a primeira vitória na Moto2 em Assen

Augusto Fernandez garantiu a sua primeira vitória na Moto2 em Assen, depois de uma emocionante corrida que teve Alex Marquez e Lorenzo Baldassarri colidindo.

Fernandez teve um início difícil ao passar do 13º lugar no grid, para o grupo líder nas primeiras voltas, pressionando o líder inicial, Brad Binder, juntamente com Marquez e Xavi Vierge, e também Remy Gardner.

Depois de sofrer vários momentos difíceis que o fizeram perder várias posições, Fernandez esperou até os últimos momentos da corrida para fazer seus movimentos. Seu primeiro alvo foi Vierge, que ele despachou para o quarto lugar, com cinco voltas restantes na curva 5.

Os dois fizeram contato no entanto e Vierge caiu, levando Enea Bastianini com ele.

O piloto da Pons, em seguida, fez um movimento sobre Binder para tentar o terceiro lugar, atrás de Marquez e Baldassarri.

Baldassarri tentou assumir a liderança de Marquez na Curva 3, faltando apenas algumas voltas para o final, mas perdeu a frente da moto no meio da curva, e levou Marquez com ele, eliminando os dois da corrida.

Isso deixou Fernandez com uma liderança que ele nunca abandonaria, permitindo que ele garantisse sua primeira vitória à frente de Binder, que também conseguiu sobreviver à carnificina para conquistar seu primeiro pódio em 2019.

Luca Marini garantiu o terceiro lugar no pódio, depois de ter lutado a partir do 11º lugar, enquanto Thomas Luthi entra na liderança do campeonato com um quarto lugar após o abandono de Marquez.

Tetsuta Nagashima conseguiu um brilhante quinto para a SAG Racing, enquanto Andrea Locatelli ficou em sexto para a Italtrans.

Stefano Manzi foi o sétimo, mesmo após a sua colisão com Dimas Ekky Pratama, igualando o melhor resultado que já conseguiu na Moto2.

Marcel Schrotter ficou em oitavo à frente da segunda máquina da Forward MV de Domique Aegeter, enquanto Marc Bezzecchi garantiu o seu primeiro top 10 na Moto2 para a equipa Tech 3 KTM.

Gardner, apesar de tentar assumir a liderança nas primeiras voltas, terminou sua corrida na caixa de brita na chicane final, depois do que parecia ser um problema na caixa de câmbio.

Jorge Martin parecia pronto para conseguir seu melhor resultado, pois ele correu entre os cinco primeiros na maior parte da corrida, mas caiu depois de perder a traseira na Curva 2 com várias voltas restantes. Sam Lowes também caiu.

Jorge Navarro, da Speed Up, que chegou a Assen em terceiro no campeonato, foi outro piloto que caiu, também na chicane final, terminando a corrida na brita.

Luthi agora lidera a classificação dos pilotos por seis pontos à frente de Marquez, enquanto Fernandez e Marini se aproximaram dos líderes significativamente, com seus resultados no pódio.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX da SUÍÇA | Melhores Momentos | 11ª etapa Fórmula E 2018/19:

 

Análise: Vettel CULPADO ou INOCENTE no GP do Canadá? partc. Sérgio Milani. Veja abaixo:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: