Baldassarri supera Gardner e vence na Argentina

Lorenzo Baldassarri conseguiu duas vitórias consecutivas da Moto2 em 2019, depois de alcançar a liderança num final emocionante no Grande Prêmio da Argentina.

Baldassarri esteve no grupo principal durante a maior parte das 23 voltas, antes de chegar na liderança a quatro voltas do final, e garantir a vitória para aumentar a vantagem no campeonato para 17 pontos.

Marcel Schrotter teve uma corrida mais fácil na primeira curva, depois que o piloto da pole Xavi Vierge, foi forçado a parar na volta de aquecimento, devido a um problema técnico com sua máquina Marc VDS.

Alex Marquez liderou a investida contra Schrotter, embora Gardner tenha se tornado o segundo no início da segunda volta, antes de lançar um ataque para a liderança na curva 7.

Gardner começou a abrir uma vantagem de sete décimos em sua moto SAG, embora Schrotter tenha tentado recuperar a liderança na curva 5, na sexta volta.

Sua tentativa falhou, com Marquez superando-o duas voltas depois. Marquez, em seguida, superou Gardner e passou por ele na curva 5 na 11ª volta.

Gardner revidou imediatamente, duas voltas mais tarde. Schrotter ultrapassou Marquez, deixando-o em terceiro com um movimento corajoso no curva 12, e foi mais uma vez liderando a corrida na volta seguinte.

Baldassarri fez seu trabalho sobre Schrotter para o segundo lugar na 17ª volta, e forçou o seu caminho para a frente do grid duas voltas depois.

O piloto da Pons abriu imediatamente sete décimos de vantagem, e segurou uma diferença de 1,4s ao receber a bandeira quadriculada.

Gardner retornou em segundo para conquistar seu primeiro pódio, com Marquez completando os lugares do pódio.

Iker Lecuona conquistou o quarto lugar com a KTM em sua máquina CGBM Evolution, depois de ter começado em 15º, com Brad Binder, o piloto da Ajo KTM, atrás dele depois de ter feito um duro movimento com Schrotter nas últimas voltas.

Schortter caiu para sexto após a sua batalha com Binder, com Luca Marini (VR46), Jorge Navarro, da Speed Up, e os estreantes Enea Bastianini (Italtrans) e Somnikat Chantra (Honda Team Asia), completando o top 10.

Tom Luthi, retornando para a Moto2, sofreu uma queda após ter tido contato com Binder logo no início da prova.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE SANYA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 6ª etapa

 

Confira o GRID COMPLETO da temporada 2019 da COPA TRUCK:

 

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

 

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: