Morbidelli: ‘Lewis Hamilton pode testar a minha moto de MotoGP!’

Franco Morbidelli e Fabio Quartararo, concordariam tranquilamente, em permitirem a Lewis Hamilton experimentar as novas motos da Petronas Yamaha MotoGP, mas adorariam pilotar o carro Petronas Mercedes F1, de Hamilton.

Poderia a ligação da Petronas abrir caminho para Hamilton, finalmente alcançar seu sonho de MotoGP, conseguindo uma carona na YZR-M1 da nova equipe?

O CEO da Sepang, Razlan Razali, respondeu que não ficaria surpreso.

“Trabalhando com a Petronas, eles são muito agressivos em seu engajamento e ativação”, disse Razali. “Eu não ficaria surpreso, se mais cedo ou mais tarde, eles envolvessem Lewis Hamilton. Com certeza”.

“Vamos esperar e ver.”

Mais cedo, os pilotos da Petronas Yamaha, Franco Morbidelli e Fabio Quartararo, falaram entusiasticamente sobre a nova conexão com a F1.

Morbidelli, preparando-se para a sua segunda temporada de MotoGP depois de ser coroado de Estreante do Ano em 2018, disse que iria aproveitar a oportunidade para testar o Mercedes.

“Eu adoraria, com certeza!”, disse o italiano ao Crash.net, pouco antes do lançamento da equipe na segunda-feira em Kuala Lumpur.

“Mas se Lewis quiser experimentar a minha moto de MotoGP, posso dar-lhe imediatamente! Mesmo que não consiga experimentar o carro de F1.”

Morbidelli acrescentou que ele já correu de kart, como parte de seu treinamento, além de “alguns carros de drifting e também um 4×4, pilotando na neve” por diversão.

Seu companheiro de equipe, Quartararo, também ofereceu sua moto para Hamilton. “Sim, sim. Sem problemas!”, e ficaria igualmente satisfeito se a troca de lugares de F1-MotoGP pudesse ser organizada.

“Seria um sonho tentar o carro dele!”

“Eu amo a Fórmula 1. Eu corro de kart. Eu também gosto de pilotar meu próprio carro, embora eu tente não ir tão rápido na rua!”, completou o jovem francês.