Jorge Lorenzo anuncia aposentadoria da MotoGP ao fim de 2019

O tricampeão mundial Jorge Lorenzo anunciou que se aposentará das corridas competitivas no final da temporada de MotoGP, fechando as cortinas de uma brilhante carreira na categoria.

Sabe-se que o tricampeão da categoria rainha estava considerando se aposentar após um primeiro ano terrível com a equipe de fábrica da Honda, mas já havia dito anteriormente que esperaria até poder testar o RC213-V de 2020 antes de tomar uma decisão sobre o futuro dele.

Lorenzo conversou com a Ducati sobre o retorno à equipe com a qual competiu por duas temporadas, mas estas fracassaram, deixando a aposentadoria a única outra opção além de continuar e terminar seu contrato de dois anos na Honda.

Na quinta-feira, antes do final da temporada deste fim de semana em Valência, Lorenzo anunciou sua aposentadoria das corridas.

“Eu sempre pensei que há quatro dias significativos na vida de um motociclista”, começou Lorenzo enquanto se dirigia à imprensa em Valência.

“A primeira é a sua corrida de estreia, a segunda é a sua primeira vitória e a terceira o seu primeiro campeonato mundial. O quarto é o dia em que você se aposenta.

“Estou aqui para anunciar que este dia chegou para mim, esta será a minha última corrida na MotoGP e vou me aposentar das corridas profissionais”.

Lorenzo venceu os dois títulos mundiais consecutivos nas 250cc durante sua ascensão meteórica ao auge das corridas de motocicletas, culminando em um lugar de fábrica na Yamaha para a temporada de 2008, ao lado do sete vezes campeão da categoria rainha Valentino Rossi.

O maiorquino venceu 44 corridas e conquistou três títulos (2010, 2012, 2015) em seus nove anos na fábrica japonesa, antes de partir para a Ducati.

Lorenzo levou tempo para se adaptar à Ducati, conquistando apenas três pódios em suas primeiras 23 corridas, antes de uma modificação no banco o levar a três vitórias no restante do primeiro semestre do ano.

Ele não conseguiu pontos o resto do ano devido a lesão e garantiu uma vaga na Repsol Honda para 2019, ao lado de Marc Marquez, depois que a Ducati optou por não manter seus serviços.

Mas Lorenzo não conseguiu entrar no top 10 em uma temporada de 2019 marcada por lesões, perdendo quatro corridas, e ocupa apenas a 19ª posição no campeonato.

A Repsol Honda ainda não confirmou quem substituirá Lorenzo em 2020.

 

Quer assistir ao vivo às corridas da Indy, Fórmula 2, Fórmula 3 e Superbike? Acesse http://f1mania.vc/4K e experimente grátis por 1 mês!

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/BQtadYchtfv68j9KFJoV3M

 

Inscreva-se em nosso canal no YouTube: https://www.youtube.com/user/f1mania?sub_confirmation=1

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – STOCK CAR 2019 | VELO CITTÀ – 10ª etapa | MELHORES MOMENTOS (Corrida 1 e 2):

 

Visitamos o DAYTONA INTERNATIONAL SPEEDWAY | FÉRIAS F1MANIA:

 

KART ELÉTRICO, FUTEBOL E FÓRMULA E | FELIPE MASSA comenta durante entrevista em São Paulo:

 

HEINEKEN: #OBRIGADOSENNA, filme exalta poder de união do ídolo brasileiro AYRTON SENNA:

 

12º no geral, Felipe Massa comenta os testes da pré-temporada FÓRMULA E 2019/2020 realizado em Valência:

 

Lucas Di Grassi comenta os testes da pré-temporada 2019/2020 da Fórmula E