GP do Catar: comissários mantém vitória de Dovizioso e caso será encaminhado ao Tribunal de Apelações

Andrea Dovizioso, da Ducati, manteve sua vitória no Catar na MotoGP, depois do protesto das rivais contra os dispositivos aerodinâmicos da marca italiana utilizados na primeira corrida da temporada em Losail.

Quatro fabricantes – Aprilia, KTM, Honda e Suzuki – lançaram um protesto oficial no final do Grande Prêmio do Catar, referente as ‘winglet’ aerodinâmicas presentes na traseira das Ducati.

Depois que as partes foram submetidas à inspeção pelos comissários técnicos da FIM, o protesto foi descartado. No entanto, o assunto agora foi encaminhado ao Tribunal de Apelações.

A MotoGP se manifestou através de um breve comunicado: “No Grande Prêmio do Catar, os comissários da FIM receberam vários protestos relativos a dispositivos aerodinâmicos presentes na traseira da Ducati, guiadas por Andrea Dovizioso, Danilo Petrucci e Jack Miller (Pramac).

“Os protestos foram feitos pela Aprilia Racing Team Gresini, pela Red Bull Factory KTM Racing, pela Repsol Honda Team e pela Team Suzuki Ecstar, que apresentaram suas preocupações ao Corpo de Comissário da FIM MotoGP.

“Com base nas diretrizes e regulamentos atualmente em vigor, o Corpo de Comissários da FIM MotoGP rejeitou seus protestos”.

Um comunicado actualizado acrescentou: “Um processo de apelação foi iniciado e o caso será encaminhado ao Tribunal de Apelações da MotoGP para obter mais informações pertinentes ao assunto.”

A vitória de Dovizioso e a sexta posição de Petrucci são os resultados atuais em vigor.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE HONG KONG | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 5ª etapa

 

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

 

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: