GP da Malásia: Rossi cai faltando quatro voltas e deixa vitória para Marquez em Sepang

Marc Marquez venceu o Grande Prêmio da Malásia de MotoGP para garantir o título de construtores para a Honda, depois que o líder da corrida Valentino Rossi caiu no fim da corrida.

Rossi, da Yamaha, assumiu a liderança no início e estava resistindo à pressão final de Marquez para colocar fim no jejum de 27 corridas sem vitórias, quando o italiano caiu na curva 1, deixando a pista livre para Marquez levar sua 70ª vitória na carreira.

Rossi largou da segunda posição do grid, enquanto o pole position Johann Zarco (Tech3 Yamaha) recuperou-se de uma largada ruim para ficar atrás de Rossi, com Jack Miller (Pramac) logo atrás.

Marquez recuperou uma posição largando na P7, fazendo um pequeno contato com seu companheiro de Honda, Dani Pedrosa, enquanto a dupla corria lado a lado na curva 3, com o campeão mundial assumindo a posição ainda na primeira volta.

Andrea Iannone, da Suzuki, estava próximo de Marquez quando o piloto da Honda errou e ele acabou batendo. O campeão mundial de 2018 ainda passou Miller para ser o terceiro no final da segunda volta, com Zarco sendo o próximo alvo do espanhol.

O piloto da Tech3 errou na curva 14, permitindo que Rossi abrisse uma vantagem de sete décimos, que ele ele ainda aumentaria para um segundo, com praticamente metade da corrida.

Marquez não conseguiu abrir vantagem para Zarco, mas afastou-se no final para perseguir o líder Rossi, reduzindo a diferença do piloto da Yamaha para oito décimos, faltando seis voltas para o final.

Rossi responder e manteve a vantagem, apesar de Marquez ter feito uma boa investida e reduzida para seis décimos quando a dupla cruzou a linha faltando quatro voltas.

No entanto, a corrida de Rossi durou apenas mais alguns segundos, quando ele caiu na curva 1, liberando Marquez para conquistar sua nona vitória da temporada.

Foto: Reprodução/ Twitter

Alex Rins, da Suzuki, passou Zarco para garantir o segundo lugar à frente do francês, enquanto Maverick Vinales se recuperar para a P4, depois de largar em 11º.

Dani Pedrosa completou os cinco primeiros da Honda, e conta com o melhor resultado desde Aragão, com Andrea Dovizioso em sexto na melhor das Ducati.

Álvaro Bautista foi o sétimo em sua volta para a Nieto na GP17, com o piloto da Pramac Miller e Danilo Petrucci logo atrás, enquanto o dona da casa, Hafizh Syahrin, completou o top 10 depois de largar em último.

Os pontos finais foram para Aleix Espargaró na Aprilia, Franco Morbidelli (Marc VDS), Stefan Bradl (LCR), Takaaki Nakagami (LCR) e Bradley Smith (KTM), fechando os 15 primeiros colocados que pontuam na MotoGP.

A etapa final do mundial 2018 da MotoGP acontece em Valência, Espanha, no dia 18 de novembro.

 

Grande Prêmio da Malásia de MotoGP- 18ª etapa  –  resultado final:

1) Marc Márquez (Honda)
2) Alex Rins (Suzuki)
3) Johann Zarco (Yamaha)
4) Maverick Viñales (Yamaha)
5) Dani Pedrosa (Honda)
6) Andrea Dovizioso (Ducati)
7) Álvaro Bautista (Ducati)
8) Jack Miller (Ducati)
9) Danilo Petrucci (Ducati)
10) Hafizh Syahrin (Yamaha)
11) Aleix Espargaró (Aprilia)
12) F.Morbidelli (Honda)
13) Stefan Bradl (Honda)
14) Takaaki Nakagami (Honda)
15) Bradley Smith (KTM)
16) Thomas Lüthi (Honda)
17) Xavier Simeon (Ducati)
18) Valentino Rossi (Yamaha)
19) Scott Redding (Aprilia)
OUT) Pol Espargaró (KTM)
OUT) Michele Pirro (Ducati)
OUT) Karel Abraham (Ducati)
OUT) Andrea Iannone (Suzuki)
OUT) Jordi Torres (Ducati)
OUT) Jorge Lorenzo (Ducati)