Ducati não teria evoluído tão rapidamente sem minha contribuição, diz Lorenzo

 

Jorge Lorenzo acredita que a Ducati não teria evoluído em algumas áreas com a Desmosedici sem a sua contribuição, após a conclusão do seu contrato com a equipe.

Lorenzo vai juntar-se à Honda na próxima temporada, em um contrato de dois anos, e despediu-se da Ducati com um 12º lugar no Grande Prêmio de Valência.

O espanhol subiu três vezes no pódio em seu primeiro ano com a Ducati na última temporada e acumulou três vitórias em 2018 antes de sua campanha ter sido prejudicada por uma contusão no pulso esquerda, o que afetou suas últimas corridas.

Falando depois da sua última corrida com a equipe, Lorenzo acredita que sem sua chegada, a Ducati não teria conseguido “fazer a evolução” em certas áreas tão rapidamente como aconteceu.

“Sim, obviamente, não é legal dizer isso, mas provavelmente, sem a minha vinda ao time, eles não teriam conseguido fazer a evolução da moto tão rápido em algumas áreas”, disse Lorenzo.

“Acredito que eles descobriram algumas áreas em que não trabalharam muito antes da minha chegada.

“Isso me deixa feliz, mas obviamente era uma questão de tempo até que o (diretor geral) Gigi Dall’Igna e os engenheiros conseguissem mais vitórias que os últimos anos e lutassem pelo campeonato…

“Obviamente, comigo provavelmente as coisas chegaram um pouco mais rápidas, e isso me deixa orgulhoso, obviamente.

“Eles são um bom grupo de pessoas, você verá no futuro que eles terão resultados muito bons, como agora”.

 

Veja alguns vídeos do nosso Canal no Youtube. Confira:

 

Stock Car no Salão do Automóvel: 40 anos de história e revolução. Confira o teaser:

 

Últimos dias do Salão do Automóvel em São Paulo. Veja algumas atrações: