Wickens confirma paraplegia depois do acidente gravíssimo em Pocono

Robert Wickens confirmou que está paraplégico dois meses após seu forte acidente no Pocono Raceway durante o ABC Supply 500.

Em sua última atualização na mídia social, o canadense tenta levantar-se da cama para sua cadeira de rodas no centro de reabilitação do Hospital Metodista de Indianápolis, com notória dificuldade.

O acidente que envolveu Ryan Hunter-Reay da Andretti Autosport viu Wickens ser lançado na curva 2, desde então ele passou por várias cirurgias para colocar hastes de titânio e parafusos para ajudar a curar sua coluna, bem como outras cirurgias nos braços e pernas fraturadas.

Wickens escreveu em seu post no Instagram que havia muita confusão sobre sua atual condição e queria que todos soubessem a realidade de sua situação atual.

Recentemente, seu parceiro Karli Woods postou uma atualização do piloto da Schmidt Peterson mostrando com sucesso o movimento muscular em ambas as pernas, indicando que sua condição tem possibilidade de melhorar.

 


“Fazendo minha primeira transferência como paraplégico hoje”, escreveu Wickens. “Minha parte superior do corpo está ficando cada vez mais forte e espero poder fazer isso em ajuda em breve.

“Eu tenho postado vídeos de pequenos movimentos em minhas pernas, mas a realidade é que estou longe de andar sozinho.

“Algumas pessoas estão um pouco confusas com a gravidade da minha lesão, então eu queria que vocês soubessem a realidade disso.

“Eu nunca trabalhei mais por nada na minha vida, e estou dando tudo o que tenho para ‘reativar’ os nervos das minhas pernas.”

 

Veja o VOLTA GUIADA F1MANIA no AUTÓDROMO HERMANOS RODRÍGUEZ, local do Grande Prêmio do México de Fórmula 1 deste final de semana:

Veja mais sobre a Fórmula 1 2018
Classificação Mundial de Pilotos e Construtores 2018
Calendário Temporada 2018 da Fórmula 1