GP de Detroit: Dixon vence a corrida dois em Belle Isle; Ericsson garante 1º pódio na IndyCar

Scott Dixon venceu a segunda corrida da rodada dupla em Detroit, salvando seu final de semana depois do abandono no sábado.

Algumas bandeiras amarelas na hora certa favoreceram Dixon, bem como Marcus Ericsson, que garantiu seu primeiro pódio na IndyCar.

Ericsson era o segundo colocado nos estágios finais da corrida, e se aproximava de Dixon antes de uma bandeira amarela ser trazida por James Hinchcliffe.

Dixon segurou Ericsson na relargada, enquanto o sueco se concentrava em manter Will Power atrás. Eles ainda tiveram outro reinício, quando Felix Rosenqvist, companheiro de Dixon na Chip Ganassi, sofreu um acidente faltando seis voltas para o fim.

Power conseguiu manter a terceira posição, apesar de ter problemas durante a corrida, que o fez parar com um problema de motor nas voltas iniciais. No entanto, ele conseguiu escalar o pelotão, beneficiado por uma boa estratégia.

O líder do campeonato, Josef Newgarden, abandonou depois de um incidente com Hinchcliffe e Alexander Rossi durante a corrida.

Hinchcliffe saiu dos boxes à frente de Newgarden, que era pressionado por Rossi. Para se defender de Rossi, Newgarden teve que atacar Hinchcliffe, mas acabou rodando e acertando as proteções. Rossi conseguiu voltar imediatamente para a pista, Hinchcliffe foi para os boxes e Newgarden abandonou. O piloto da Andretti Autosport terminou na quinta posição, atrás de seu companheiro de equipe Ryan Hunter-Reay.

Foi um bom dia para a Andretti Autosport, pois atrás de Rossi, Marco Andretti e Zach Veach receberam a quadriculada na P6 e P8, respectivamente, com Graham Rahal separando a dupla.

Os dois carros da Dale Coyne fecharam os dez primeiros, com Sebastien Bourdais à frente de Santino Ferrucci. Bourdais fez uma boa recuperação depois de um forte acidente com Spencer Pigot.

Bourdais tentou ultrapassar Pigot, mas, ao mesmo tempo, Pigot entrava para os boxes e desacelerava seu carro. O resultado foi a colisão de Bourdais na traseira de Pigot, com o piloto da Dale Coyne sofrendo danos em sua asa dianteira enquanto Pigot ficou nas proteções.

Pigot não foi o primeiro a abandonar a corrida, já que o brasileiro Tony Kanaan se envolveu em acidente e abandonou na primeira volta. Kanaan, Simon Pagenaud e Patricio O’Ward levaram a pior, mas O’Ward ainda conseguiu voltar a corrida.

Confira o resultado final da corrida dois da IndyCar em Detroit:

1) Scott Dixon (Ganassi Honda)
2) Marcus Ericsson (SPM Honda)
3) Will Power (Penske Chevrolet)
4) Ryan Hunter-Reay (Andretti Honda)
5) Alexander Rossi (Andretti Honda)
6) Marco Andretti (Andretti Honda)
7) Graham Rahal (RLL Honda)
8) Zach Veach (Andretti Honda)
9) S.Bourdais (Dale Coyne Honda)
10) Santino Ferrucci (Dale Coyne Honda)
11) Patricio O’Ward (Carlin Chevrolet)
12) Colton Herta (Harding Honda)
13) Takuma Sato (RLL Honda)
14) Ed Jones (Carpenter Chevrolet)
15) Max Chilton (Carlin Chevrolet)
16) Felix Rosenqvist (Ganassi Honda) – não completou
17) Simon Pagenaud (Penske Chevrolet) – não completou
18) J.Hinchcliffe (SPM Honda) – não completou
19) Josef Newgarden (Penske Chevrolet) – não completou
20) Matheus Leist (Foyt Chevrolet) – não completou
21) Spencer Pigot (Carpenter Chevrolet) – não completou
22) Tony Kanaan (Foyt Chevrolet) – não completou