Ericsson fala dos problemas que enfrenta na IndyCar: “F1 é bem mais grudado no chão”

O ex-piloto de Fórmula 1, Marcus Ericsson, comentou sobre as dificuldades que vem enfrentando em sua estreia na IndyCar.

Ericcson afirmou que a consistência da IndyCar é um grande problema e acredita que isso torna os carros tão difíceis de guiar comparados aos carros da Fórmula 1.

“Para mim, o maior problema é a consistência”, disse Ericsson.

“O (carro) IndyCar é difícil de conduzir, difícil comparado com um carro de Fórmula 1 que é tão ‘grudado’ no chão. Este carro se movimenta muito “, disse Ericsson ao ‘Motorsport.com’.

“Então, meu maior desafio agora é entender isso e lidar com isso. No momento, estou tentando diferentes abordagens volta a volta, mas luto para conseguir o melhor em toda as curvas na mesma volta.

“Então, estou trabalhando com a equipe para melhorar essa consistência e me ajudar a melhorar a velocidade”, concluiu o ex-piloto da Sauber.

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – “F1 2019 | Som do motor da RENAULT”:

 

F1 2019 | Som do motor da TORO ROSSO e RED BULL:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS:

 

EXTREME E | Corrida elétrica de SUVs será disputada nos cantos mais remotos do mundo | Entrevista com GIL DE FERRAN:

 

Confira os melhores momentos da Fórmula E em Santiago: