Lotterer afirmou que movimento de Bird foi “100% injusto”

Andre Lotterer disse que o incidente que o fez perder a liderança na penúltima volta do ePrix de Hong Kong, foi parte de um problema maior, em relação aos padrões de pilotagem no Campeonato da Fórmula E.

O piloto da DS Techeetah ficou em quarto nas primeiras voltas, mas liderou a maioria delas, depois de ultrapassar Stoffel Vandoorne e depois capitalizar com os erros cometidos por Oliver Rowland e Sam Bird.

Lotterer então se envolveu em uma longa batalha com Bird, enquanto tentava alcançar a liderança.

Falando antes que Bird recebesse uma penalidade de cinco segundos, e perdesse sua vitória depois da corrida, Lotterer disse que os comissários precisavam agir com Bird por causa do incidente.

“Foi tudo muito normal com um pouco de contato aqui e ali, mas depois ele me atacou e destruiu minha suspensão”, disse Lotterer ao e-racing365.

“É um grande problema que temos na categoria agora, porque é muito fácil fazer coisas assim. Eu sinto que é 100% injusto”.

“Sim, eu defendi, mas isso é meu direito. Então minha corrida está arruinada, mas espero que os comissários vejam isso para o futuro”.

“Eu senti o que aconteceu muito bem, e não acho que foi justo.”

Lotterer sugeriu que, se Bird não recebesse uma penalidade pelo incidente, seria criado um precedente perigoso.

“Se ele não receber uma penalidade, isso abre um novo mundo de coisas malucas, porque está dizendo que podemos nos tocar”, disse ele.

Quando perguntado se ele havia falado com Bird, imediatamente após a sessão no pódio e na mídia, o piloto da DS Techeetah não gostou.

“Não, não estou interessado nisso. O que mudaria? ”Ele comentou.

Também falando antes de sua penalidade, Bird defendeu seus padrões de pilotagem, mas admitiu que se sentiu arrependido por ter vencido dessa maneira.

“O que aconteceu no final foi extremamente infeliz, e eu gostaria que Andre pudesse ter terminado a corrida”, disse ele.

“Isso me lembrou muito de Andre e Jean-Eric Vergne em Santiago”, acrescentou ele, referindo-se à edição de 2018 da corrida, quando os colegas de equipe da Techeetah colidiram enquanto estavam em primeiro e segundo.

“A porta estava fechada, eu estava indo para um espaço quando ele fechou a porta eu não tinha para onde ir. Eu não gosto de vencer assim, não é o nome do jogo. Foi uma grande corrida, no entanto”.

Mark Preston, diretor da equipe de Lotterer na DS Techeetah, concordou com o piloto em relação aos padrões de pilotagem nesta temporada.

“Você poderia dizer ‘bem, isso é apenas corrida’, mas não é realmente”, disse Preston.

“Os comissários têm que fazer algo, porque a próxima corrida será uma carnificina, porque mandará uma mensagem de que é aceitável”, finalizou.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE HONG KONG | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 5ª etapa

 

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

 

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: