Londres pode ter de volta seu ePrix

Um ePrix de Londres poderá em breve voltar ao calendário da ABB FIA Fórmula E.

A perspectiva do Campeonato de Fórmula E da FB da ABB retornar ao Reino Unido, está cada vez mais próxima, com negociações em andamento para outra corrida em Londres.

De acordo com as informações, uma corrida em Londres, pode ser realizada no verão de 2021, e recebeu um impulso significativo nos últimos meses.

Uma delegação de executivos, que supostamente representa os interesses da ExCeL Arena no leste da cidade, visitou o recente ePrix de Marrakesh, para se reunir com os dirigentes da Fórmula E, incluindo o co-fundador e chefe de campeonato Alberto Longo.

Embora sem dar detalhes, Longo reconheceu que o grupo viajou para Marrocos para participar de reuniões e observar o campeonato em ação.

“Recebemos algumas pessoas em Marrakesh, sim, mas não posso entrar em detalhes sobre quem, isso não seria correto neste estágio”, disse Longo ao e-racing365.

“É obviamente uma possibilidade correr em Londres, e posso confirmar para você que é um mercado em que queremos estar, mas não há muitos lugares diferentes dentro de Londres para competir”.

“Há opções e há um grande desejo de voltar ao Reino Unido. É uma das duas ou três prioridades do ponto de vista de local do país”.

A Fórmula E realizou duas etapas em Londres em 2015 e 2016, correndo no circuito de Battersea Park, a sudoeste do centro da cidade.

“Tivemos uma corrida em Battersea Park, achamos que era ideal porque o nível de interrupção era mínimo”, disse Longo.

“Mas nós encontramos muitos desafios, como você sabe, basicamente nós nos mudamos de Battersea e estamos procurando outro lugar em Londres agora.”

Corrida de Londres seria “crucial” para a Fórmula E

Um ePrix em Londres seria “bem recebido”, de acordo com o diretor da equipe Panasonic Jaguar Racing, James Barclay.

Barclay, que também é presidente da Associação de Fabricantes de Equipes da Fórmula E, disse que o Reino Unido precisa estar melhor posicionado, para mostrar a excelência em engenharia de EV.

“Eu acho que é crucial que tenhamos uma corrida no Reino Unido porque temos tantas equipes britânicas”, disse Barclay.

“Nós somos um orgulhoso fabricante britânico, e nós adoraríamos correr na frente dos fãs da nossa casa, seria muito bem recebido”.

“Eu acho que precisamos realmente alcançar o Reino Unido e estar na vanguarda da promoção de veículos elétricos, e fazer isso na capital, em Londres, seria um show fantástico”.

Barclay acredita que o ePrix de Santiago, no último final de semana, mostra que a realização de um evento em uma grande capital, não precisa atrapalhar o dia-a-dia de seus habitantes.

“Santiago mostrou que você não precisa ser perturbador para correr no centro da cidade”, disse ele. “Acho que locais como o ExCeL ou o O2 Arena, podem ser notícias realmente positivas para a Fórmula E no futuro”.

Atualmente, a Fórmula E tem cinco pilotos britânicos competindo na temporada, e um deles, Gary Paffett, também acredita que uma corrida em Londres é importante.

“Seria um grande negócio definitivamente, e acho que é importante competir no Reino Unido”, disse Paffett ao e-racing365.

“Quando você recebe muito apoio em casa, com fãs e parceiros assistindo a corrida, há um sentimento diferente, então seria incrível se os caras da Fórmula E, pudessem fazer acontecer”, completou Paffett.