“Eu superei minhas expectativas na temporada de estreia na Fórmula E”, afirmou Rowland

Oliver Rowland, da Nissan e.dams, disse que superou suas próprias expectativas na temporada de estreia na Fórmula E.

Rowland juntou-se à categoria para a quinta temporada, como uma convocação de última hora para a Nissan e.dams, depois de Alexander Albon, que foi originalmente definido para correr com a equipe na temporada 2018/19, receber um carro de Fórmula 1 da Toro Rosso, substituindo Brendon Hartley.

Em sua temporada de estreia, Rowland impressionou, com o britânico superando o companheiro de equipe Sebastien Buemi ao longo das nove primeiras etapas da temporada, tendo três pole positions e dois pódios.

Por meio de suas atuações, Rowland atualmente está em oitavo no Campeonato de Pilotos, com 59 pontos, superando os experientes pilotos de Fórmula E, Sam Bird, da Envision Virgin Racing, e Buemi, companheiro de equipe.

Examinando suas performances antes do ePrix de Berlin deste fim de semana, Rowland disse que seus resultados nesta temporada excederam suas expectativas iniciais, enquanto o piloto insinuou seu desejo de vitória no Circuito Flughafen Tempelhof, após o pódio em Mônaco há duas semanas.

“Quando cheguei na primeira etapa, não sabia o que esperar, mas meus resultados até agora superaram minhas expectativas”, disse ele. “Como novato, tenho muito a aprender e meu companheiro de equipe Sebastien Buemi, tem sido muito útil nesse sentido”.

“Mesmo depois de alguns pódios, não estou dando nada como garantido, no minuto em que você começa a esperar estar na frente do grupo, você pode se encontrar rapidamente no final do grupo.”

“Eu trabalho para cada corrida, faço voltas no simulador e tento absorver o máximo de informação possível. Mônaco foi um ótimo resultado, mas agora quero ir mais longe.”

Buemi, que tem um histórico comprovado em Berlim depois de conquistar a vitória na 3ª temporada, destacou a corrida na capital alemã como uma etapa potencialmente tática, com o treino livre ocorrendo na tarde de sexta-feira, o que permite que as equipes analisem dados mais intensamente antes da qualificação.

“Berlim é um circuito único para o campeonato, em que eu tive sucesso antes, e estou ansioso para voltar para lá neste fim de semana”, disse o campeão da segunda temporada.

“Mônaco foi uma batalha feroz para mim, mas fiquei contente de sair com alguns bons pontos. Berlim vai ser muito diferente, com as sessões de treinos realizadas na sexta-feira pela primeira vez”.

“Isso permitirá que todos façam algum trabalho de casa durante a noite, e tenho certeza de que a qualificação será extremamente competitiva”.

“Fazer a sessão da Super Pole e depois dar uma boa volta é muito importante, porque mesmo com o Modo de Ataque e o FanBoost, você ainda tem que trabalhar muito para conseguir subir no grid”, concluiu.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – STOCK CAR 2019 | Goiânia | MELHORES MOMENTOS (4ª e 5ª etapa):

 

WILSINHO FITTIPALDI e seu “ADEUS” para NIKI LAUDA:

 

ePRIX DE MÔNACO | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 9ª etapa:

 

O QUE APRENDEMOS COM O ePRIX DE MÔNACO 2018/19?

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

ePRIX DE PARIS | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 8ª etapa:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: