Em mais uma corrida emocionante, Sam Bird vence primeiro ePrix de Roma da história

Sam Bird conquistou sua segunda vitória da temporada 2017/2018 da Fórmula E neste sábado no primeiro ePrix de Roma depois do abandono de Felix Rosenqvist.

O piloto da DS Virgin assumiu a liderança na volta 23 de 33 depois de andar em segundo atrás de Rosenqvist, da Mahindra, pela primeira parte da corrida quando o sueco abandonou com uma roda traseira esquerda quebrada.

Esta foi a segunda vitória de Bird na temporada depois de conquistar a vitória na corrida inaugural em Hong Kong em dezembro, movendo-o para segundo no campeonato de pilotos, 18 pontos atrás do líder Jean-Eric Vergne.

Vergne conquistou a quinta posição depois de uma corrida abaixo do esperado em sua Techeetah.

Enquanto ele tinha que se defender de uma tensa batalha pela liderança nas últimas voltas, uma travada de Mitch Evans impediu o piloto da Jaguar e Lucas di Grassi de brigarem pela liderança.

Isto deu ao britânico pista relativamente limpa pelas últimas voltas enquanto Di Grassi, Evans e Andre Lotterer brigaram pelas últimas posições no pódio.

Evans acabou terminando em nono depois de ficar sem bateria, impedindo o piloto da Jaguar de conquistar o seu primeiro pódio na pista.

Di Grassi cruzou a linha de chegada 0.970s atrás de Bird, enquanto Lotterer completou o pódio pela Techeetah.

O piloto brasileiro da Audi está sob investigação por uma possível infração durante o pit-stop, apesar de não haver mais detalhes, parece que ele foi liberado para a pista com o cinto de segurança ainda solto.

Duas bandeiras amarelas por toda a pista foram ativadas durante a corrida, uma para retirar o carro de Rosenqvist e outra depois de Alex Lynn ficar preso na área de escape depois de um dia cheio de incidentes para o piloto da DS Virgin.

Lynn fez contato com as barreiras na fase final de ambas as sessões de treinos livres, enquanto ele danificou sua asa dianteira nas primeiras curvas da corrida, forçando-o a parar no pit-stop na segunda volta.

A largada foi relativamente limpa apesar de o apertado hairpin servir como primeira curva, apesar de um engavetamento ter acontecido mais tarde naquela curva. O engavetamento envolveu Edoardo Mortara, Luca Filippi, Oliver Turvey e Nick Heidfeld, todos eles conseguindo voltar para a corrida por seus próprios meios.

Nelsinho Piquet, depois de liderar a primeira sessão de treinos livres na manhã deste sábado, perdeu muito tempo com seu cinto de segurança depois do seu pit-stop e acabou abandonando.

A quarta posição foi de Daniel Abt, da Audi, que também conquistou um ponto extra por cravar a volta mais rápida da corrida.

Sebastien Buemi, que parecia estar na briga pelo pódio durante a primeira metade da prova, acabou perdendo ritmo e completando os seis primeiros colocados.

A Fórmula E volta em duas semanas com o ePrix de Paris.

 

Confira o resultado do ePrix de Roma:

1) #2 Sam BIRD (DS Virgin Racing)
2) #1 Lucas DI GRASSI (Audi Sport ABT Schaeffler)
3) #18 André LOTTERER (TECHEETAH)
4) #66 Daniel ABT (Audi Sport ABT Schaeffler)
5) #25 Jean-Eric VERGNE (TECHEETAH)
6) #9 Sébastien BUEMI (Renault e.dams)
7) #7 Jérôme D’AMBROSIO (DRAGON)
8) #5 Maro ENGEL (Venturi Formula E Team)
9) #20 Mitch EVANS (Panasonic Jaguar Racing)
10) #4 Edoardo MORTARA (Venturi Formula E Team)
11) #28 Antonio Felix DA COSTA (Andretti Formula E)
12) #16 Oliver TURVEY (NIO Formula E Team)
13) #68 Luca FILIPPI (NIO Formula E Team)
14) #8 Nicolas PROST (Renault e.dams)
15) #27 Tom BLOMQVIST (Andretti Formula E)
16) #23 Nick HEIDFELD (Mahindra Racing)
17) #6 José Maria LOPEZ (DRAGON)
OUT) #19 Felix ROSENQVIST (Mahindra Racing)
OUT) #3 Nelson PIQUET (Panasonic Jaguar Racing)
OUT) #36 Alex LYNN (DS Virgin Racing)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *