Em Hong Kong, Daniel Abt conquista a primeira vitória da sua carreira

Daniel Abt, da Audi, conquistou a primeira vitória da sua carreira ao receber a bandeira quadriculada da segunda etapa da temporada 2017/18 da Fórmula E nas ruas de Hong Kong.

Abt, no dia do seu 25º aniversário, largou da terceira posição, com a corrida começando atrás do Safety Car, depois de as luzes de largada falharem.

O pole Felix Rosenqvist, da Mahindra, manteve tranquilamente a primeira posição depois de uma volta atrás do Safety Car, mas travou seus pneus traseiros na freada para a Curva 1 e rodou.

Abt consequentemente subiu para segundo, enquanto Edoardo Mortara, que largou da primeira fila, assumiu a liderança, e gradualmente abriu do piloto da Audi durante o resto da primeira parte da corrida.

Mortara, em sua primeira temporada com a Venturi, manteve uma vantagem de três segundos depois da fase de pit-stops, mas errou na freada para a Curva 2 a duas voltas para o final e rodou.

Com isso, Abt assumiu a liderança para finalmente conquistar sua primeira vitória na Fórmula E, tendo sido parte da categoria desde sua estreia em 2014.

A rodada de Rosenqvist o derrubou para a 11ª posição, mas ele conseguiu passar seus rivais antes do pit-stop, o que lhe permitiu deixar os boxes em um surpreende terceiro lugar. A rodada de Mortara subsequentemente promoveu Rosenqvist para segundo, enquanto o novato da Venturi terminou em terceiro.

Mitch Evans, da Jaguar, ficou com a quarta posição, tendo perdido para Rosenqvist no processo de pit-stop, enquanto Jean-Eric Vergne conquistou a quinta posição pela Techeetah.

Sam Bird, da DS Virgin, largou da 14ª posição depois de uma punição de 10 posições no grid por seu erro nos boxes antes de vencer a abertura da temporada no sábado. Bird gradualmente progrediu para terminar em sexto, lucrando com seu companheiro de equipe Alex Lynn, que andava em quinto, indo lentamente para a chegada, já que estava quase sem bateria.

Oliver Turvey foi sétimo, enquanto Maro Engel, Nicolas Prost e Lynn completaram o top 10.

Os favoritos ao título deste ano, tendo em vista as disputas das últimas temporadas, Sebastien Buemi e Lucas di Grassi, sofreram outra corrida ruim, com o suíço apenas em 11º, tendo largado da última posição, enquanto Di Grassi foi 15º, depois de parar na pista por conta de um problema na bateria.

O brasileiro Nelsinho Piquet, da Jaguar, terminou a prova na 13ª posição.

Algumas horas após a corrida, os comissários excluíram Abt dos resultados por uma violação das normas técnicas.

“Os adesivos de segurança da FIA (código de barras) das unidades do inversos e da MGU não corresponderam com os declarados pela Audi Sport ABT Schaeeffler para o evento”, diz o comunicado.

Rosenqvist, portanto, fechou o fim de semana com a vitória. Mortara subiu para a segunda posição com Mitch Evans em terceiro, o primeiro pódio da Jaguar.

Sam Bird, que subiu de sexto para quinto com a exclusão de Abt, agora lidera a classificação do campeonato.

A próxima rodada da temporada será realizada em Marraquexe no dia 13 de janeiro de 2018.

 

Confira o resultado do ePrix de Hong Kong – corrida de domingo:

1) Daniel Abt (Audi)
2) Felix Rosenqvist (Mahindra)
3) Edoardo Mortara (Venturi)
4) Mitch Evans (Jaguar)
5) Jean-Éric Vergne (Renault)
6) Sam Bird (DS Virgin)
7) Oliver Turvey (NextEV NIO)
8) Maro Engel (Venturi)
9) Nicolas Prost (Renault)
10) Alex Lynn (DS Virgin)
11) Sébastien Buemi (Renault)
12) A.F.da Costa (Andretti)
13) Nelson Piquet Jr. (Jaguar)
14) André Lotterer (Renault)
15) Lucas di Grassi (Audi)
16) Jerome d’Ambrosio (Penske)
17) Nick Heidfeld (Mahindra)
18) Kamui Kobayashi (Andretti)
19) Neel Jani (Penske)
OUT) Luca Filippi (NextEV NIO)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *